inclusão de arquivo javascript

 
 

Estudo: obesidade infantil está ligada a distúrbios do sono

10 de junho de 2009 09h09 atualizado às 11h57

A obesidade infantil pode ter mais uma conseqüência perigosa: respiração desordenada durante o sono. Pesquisadores fizeram 700 crianças passar uma noite em um laboratório do sono, onde elas foram avaliadas usando um aparelho de polissonografia, instrumento que mede a qualidade do sono e o funcionamento respiratório. Elas também se submeteram a um exame físico por um otorrinolaringologista. As crianças foram selecionadas aleatoriamente na comunidade e nenhuma delas estava sendo tratada por problemas do sono.

Aproximadamente um quarto das crianças tinha respiração leve ou moderadamente desordenada durante o sono. O tamanho da amígdala não foi associado à respiração desordenada e as anormalidades nasais foram um fator apenas nos casos leves. Mas a circunferência da cintura e o Índice de Massa Corporal foram fortes fatores de risco independentes para o ronco e outros problemas respiratórios durante o sono.

Isso, escreveram os autores na edição de junho da revista Sleep, sugere que os bem conhecidos efeitos do excesso de peso podem ser um fator importante na respiração desordenada durante o sono de crianças, assim como acontece com os adultos.

"Esse é outro sinal vermelho relacionado à obesidade, outra razão para preocupação", disse Edward O. Bixler, professor de psiquiatria da Universidade Penn State, que guiou a pesquisa. "Os problemas de metabolismo nos adultos, associados à obesidade, começam agora a ser encontrados em crianças mais novas."

Tradução: Amy Traduções

The New York Times
The New York Times