inclusão de arquivo javascript

 
 

Pai mata filhos e se suicida em quarto de hotel de Jaú (SP)

24 de janeiro de 2010 12h57 atualizado em 25 de janeiro de 2010 às 07h20

Um homem cometeu suicídio depois de matar a facadas os dois filhos - um menino de nove anos e uma menina de cinco - em um quarto de hotel, na noite de sábado, em Jaú, a 287 km de São Paulo. Os corpos foram encontrados junto com um bilhete no qual Edson Muniz Barreto, 40 anos, explicava as razões da tragédia.

De acordo com a polícia, Edson primeiro deu sedativos aos filhos, Nathan Gabriel e Ana Beatriz Barreto, esfaqueando-os logo que adormeceram. Em seguida, deu uma facada no próprio peito. Ainda telefonou para a recepção do hotel e contou sobre o crime. A recepcionista avisou a polícia que, ao entrar no quarto, encontrou o pai ainda vivo. Ele chegou a falar com os policiais, mas morreu logo em seguida.

O crime provocou comoção na cidade. A mãe das crianças, que não teve o nome revelado, disse que os dois estavam separados. Na quarta-feira, Edson buscou os filhos na casa dela em Bocaina e levou-as para Jaú. No sábado, ao chegar ao hotel, ela encontrou-os já mortos.

O bilhete encontrado no quarto foi levado pela polícia, mas não teve o teor revelado.

Redação Terra

Colaboraram com esta notícia os internautas Leandro R de Lapuente, de Jaú (SP), e Marcelo dos Santos, de Barra Bonita (SP), que participaram do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.

vc repórter
vc repórter