inclusão de arquivo javascript

 
 

Basílica de Aparecida aguarda 160 mil pessoas

12 de outubro de 2007 07h43 atualizado às 09h53

Cerca de 160 mil pessoas são esperadas na Basílica Nacional de Nossa Senhora Aparecida hoje, dia dedicado à santa, que é a padroeira do País. Quatro celebrações serão feitas durante o dia. Até domingo 270 mil romeiros devem passar pela cidade de Aparecida, em São Paulo.

» Aparecida espera 270 mil romeiros
» vc repórter: Mande fotos e notícias

O ponto alto do evento é a missa das 10h, celebrada pelo arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, que deve atrair 45 mil pessoas, capacidade total do interior da igreja. A missa solene deve contar com a participação de governadores, senadores e deputados.

A primeira das quatro missas será iniciada às 5h30, após a realização de uma queima de fogos que abre as festividades em homenagem à Padroeira do Brasil. Também serão celebradas missas às 8h e 13h.

O evento será encerrado com a Procissão da Padroeira, às 16h, que sai do Santuário Nacional e percorre as principais ruas do centro da cidade.

O Santuário Nacional de Aparecida, maior templo mariano do mundo, hoje é palco de várias manifestações de fé e devoção. Centenas de romeiros acendem velas e percorrem os 392 m de extensão da Passarela da Fé de joelhos para o pagamento de promessas.

A passarela liga a Basílica Velha, primeira igreja erguida para abrigar a imagem da santa, em 1745, e a Basílica Nacional, construída em 1955 para acolher um maior número de visitantes.

O local mais visitado é a imagem de Nossa Senhora Aparecida, encontrada no Rio Paraíba em 1717 por três pescadores.

Para recepcionar os 8 milhões de pessoas que visitam a imagem da Padroeira do Brasil, por ano, o Santuário Nacional oferece estacionamento com capacidade para 2,5 mil ônibus e 4 mil carros, distribuídos em 272 mil metros quadrados.

A igreja também possui sala de descanso para motoristas profissionais, com chuveiros, mesas de jogos e televisores.

A Basílica Nacional tem 850 banheiros, 250 bebedouros, um ambulatório médico com cinco enfermeiros, dois médicos e duas ambulâncias, além fraldário, berçário e praça de alimentação e lanchonetes e dois postos de polícia.

A igreja, construída em estilo Românico, tem capacidade para abrigar 70 mil pessoas, sendo 45 mil na área central, para missas. A área construída do templo de 23 mil metros quadrados, é equivalente a quatro campos de futebol. A torre da igreja tem 18 andares e 100 m de altura. O templo é a Segunda maior basílica do mundo, perdendo apenas para a Basílica de São Pedro, no Vaticano.

Um grupo de 150 homens da Guarda Patrimonial da igreja faz a segurança no interior e no pátio da igreja, que também conta com circuito interno de vídeo.

Os 1,1 mil funcionários, e outros 1 mil voluntários, além de 30 padres, trabalham em ritmo acelerado para acolher os milhares de romeiros que visitam a igreja nesta data.

As freiras voluntárias da igreja preparam 200 mil hóstias para as celebrações de hoje e amanhã.

"Nossa missão é acolher bem a todos os filhos de Nossa Senhora Aparecida por isso montamos toda essa estrutura, que é suficiente para um público de mais de 200 mil pessoas por dia", afirmou o administrador do Santuário Nacional, padre Hélcio Vicente Testa.

Redação Terra