inclusão de arquivo javascript

 
 

Democratas na internet

17 de abril de 2007 07h58

Democratas: site propõe tiro ao populista. Foto: Reprodução

Democratas: site propõe "tiro ao populista"
Foto: Reprodução

A renovação prometida no PFL, que incluiu a mudança do nome do partido para Democratas, dá mais um passo. Agora, a legenda é a segunda a ter um diretório virtual no jogo Second Life - programa que oferece online a oportunidade de criar uma outra vida, mais ou menos interessante do que a primeira.

Na apresentação do diretório virtual, dois erros. O criador, Michel Dynamo, apresenta o espaço como "Doretório Virtual". O segundo equívoco: chama o Democratas de "o primeiro partido brasileiro no Second Life". Não é verdade. O PSDB já tem uma sede virtual no jogo da segunda vida. Os aliados históricos estão mais uma vez diante de um racha. Desta vez, virtual.

O partido justifica a criação do diretório virtual com uma frase patriótica: "Quer saber porquê (sic) os Democratas estão no Second Life? Porque nós estamos em todos os lugares onde há um brasileiro". A casa onde o Democratas criou seu diretório é um moderno prédio de dois andares na Ilha Jardins SP.

E a reformulação dos Democratas na Internet também está no site da legenda. O desenho da página foi todo mudado e os filiados passaram a ter um blog para publicarem seus artigos.

Há duas semanas, o site do Democratas conclamava os visitantes a impedirem o avanço do "populismo na América Latina". O chamado é ilustrado por uma animação pouco democrática. Hugo Chávez, Lula e Evo Morales passam diante do internauta como patos em um estande de tiro e são, um a um, abatidos por uma arma imaginária.

A página atual não tem mais a galeria de "tiro ao populista". Os destaques do endereço, hoje, são um link para uma "Homenagem a Jorge Bornhausen e a outros grandes Democratas" e o artigo "Ficção x Realidade", assinado por Eduardo Sciarra, deputado federal do partido pelo Paraná.

Terra Magazine