2 eventos ao vivo

Governo do RS descarta 1ª morte por gripe suína no Brasil

27 jun 2009
18h12
atualizado às 19h20

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul informou neste sábado que não há evidências de que a morte de um americano em Montenegro (RS) foi causada pelo vírus da Influenza A (H1N1), de acordo com exames preliminares. O quadro clínico e a coleta de material indicaram que a morte foi provocada por um problema bacteriano, segundo o órgão estadual.

» Confirmados 69 casos de gripe no País
» Faculdade do ES cancela aulas por gripe suína
» Mais 6 escolas suspendem aulas em SP

"Esta pessoa veio dos Estados Unidos, esteve por dois dias em Curitiba, veio para Porto Alegre onde ficou por mais dois dias, começou a sentir dor de cabeça e febre baixa e ele se automedicou. O quadro agravou-se quando foi para a Montenegro, a serviço", afirmou o secretário de Saúde, Osmar Terra.

Internado em um hospital local, a febre aumentou, junto a diarréia - comum nos casos de gripe - e seu quadro evoluiu rapidamente para o coma."Foram feitos todos os exames necessários, como aspiração naso-faringeo e tecido dos pulmões. Tudo indica um problema bacteriano e não viral, o que descartaria a Influenza A (H1N1)", concluiu Terra.

Os exames definitivos devem ficar prontos neste domingo. O Ministério da Saúde confirmou neste sábado 69 novos casos de infecção pelo vírus da gripe suína, o que elevou o total de casos no País a 591.

Fonte: Redação Terra
publicidade