ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Presidencial
Terça, 2 de maio de 2006, 05h08 
PSDB vai medir a força de Lula em pesquisa
 
Últimas de Presidencial
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
» Lula mantém rumo da economia e Mantega na Fazenda
» Contrapartida de apoio de Maggi a Lula prevê cargos federais
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O PSDB encomendou uma bateria de pesquisas para descobrir a origem do sucesso do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT. Além disso, os institutos vão traçar a imagem que o eleitorado faz do pré-candidato tucano à Presidência, Geraldo Alckmin.

Segundo tucanos ouvidos pelo jornal Folha de S. Paulo, a pesquisa quantitativa, a cargo do instituto Ibope, teria registrado um pequeno crescimento de Lula. A qualitativa, sob responsabilidade do Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas), reúne cem perguntas, incluindo as questões sobre a imagem do presidente.

O resultado deve ser apresentado até amanhã ao comando do partido pelo sociólogo Antônio Lavareda. A partir dele, deverá ser traçada a estratégia de campanha de Alckmin.

Discurso
A definição estratégia de propaganda da campanha de Alckmin, segundo a Folha, vem causando confrontos dentro do partido. Cotado para assumir a comunicação da campanha, o jornalista Luiz Gonzalez apresentou duas condições para assumir a função: que as gravações sejam em São Paulo e que não haja interferência do sociólogo Antônio Lavareda em seu trabalho.

Gonzalez teria lembrado a tucanos que discordou da condução da campanha de José Serra em 2002. Segundo tucanos e pefelistas, Lavareda prega a adoção de um discurso mais incisivo para que Alckmin conquiste o status de anti-Lula. Gonzalez defende que a propaganda apresente o candidato ao eleitor.


 

Redação Terra