ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Paraíba
Segunda, 30 de outubro de 2006, 19h05 
Cássio minimiza ataques de José Maranhão
 
Suetoni Souto Maior
 
Últimas de Paraíba
» Cássio minimiza ataques de José Maranhão
» PB: José Maranhão não aceita vitória de Cássio
» Eleitor sobe 148 degraus para "pagar" vitória de candidato
» PB: Simpatizantes festejam reeleição de Cunha Lima
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O governador da Paraíba reeleito, Cássio Cunha Lima (PSDB), minimizou, nesta segunda-feira, durante entrevista coletiva, as acusações do senador José Maranhão (PMDB), candidato derrotado ao governo, que prometeu "um terceiro turno nas eleições". O chefe do Executivo Estadual disse não temer as ações judiciais prometidas pelo candidato derrotado nas urnas. O parlamentar acusa o governador de compra de votos para a reeleição.

Cássio aproveitou a entrevista, no auditório da Asplan, em João Pessoa, para desmentir as acusações de compra de voto. Para ele, a oposição não aceitou a derrota e, por isso, tem espalhado factóides. "Nunca ouvi falar de terceiro turno. Conheço os quatro turnos dos quais eu saí vitorioso democraticamente", disse, fazendo referência à eleição de 2002 e à reeleição neste ano.

O governador disse ainda esperar contar com o apoio do senador José Maranhão no Senado. Ele revelou que foi contatado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que o parabenizou pela vitória e prometeu parceria em projetos como o da implantação de uma usina de biodiesel e ampliação dos programas sociais no Estado. Cássio prometeu também melhorar a performance do Governo.
 

Agência Nordeste

Copyright Agência Nordeste. Todos os direitos reservados.