ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Alagoas
Segunda, 30 de outubro de 2006, 15h31 
Teotônio Vilela visita o Ministério Público de AL
 
Luiz Mazo
 
Últimas de Alagoas
» Teotônio Vilela visita o Ministério Público de AL
» Alagoas tem 41 urnas eletrônicas substituídas
» Presidente do TRE-AL destaca tranqüilidade do pleito
» Jogadores do Ceará justificam ausência em Maceió
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O governador eleito em Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB), visitou hoje a sede do Ministério Público Estadual, no bairro do Poço, em Maceió, onde se reuniu com promotores, procuradores e o presidente da Associação dos Procuradores do órgão. A visita, segundo a assessoria de Teotônio, fez parte de um cronograma que prevê o estreitamento das relações entre o novo chefe do Executivo Estadual e as instituições que atuam no Estado.

Durante a reunião, o procurador-geral do Ministério Público, Coaracy Fonseca, que está licenciado para concorrer às eleições - as inscrições para as candidaturas se encerram na próxima sexta-feira - destacou que o Ministério Público não é um inimigo do administrador público, ao contrário, pode ser considerado um dos principais parceiros do Executivo.

O governador eleito destacou o respeito e a admiração que possui pela instituição e afirmou que a entidade terá nele, como chefe do Executivo, um parceiro, além de reafirmar a necessidade do órgão apoiá-lo. Vilela destacou, ainda, a participação do Ministério Público no combate ao crime organizado, a violações contra o meio ambiente e na defesa dos direitos da sociedade civil.

Quanto à eleição do novo procurador-geral do Ministério Público, Vilela descartou qualquer intervenção junto a Luis Abílio, o atual governador, para a escolha dos indicados na lista tríplice. "Só começo a governar em 1º de janeiro de 2007. Até lá, todas as decisões caberão ao governador Luis Abílio, inclusive a escolha do novo procurador-geral do MP", disse Vilela.

O governador adiantou, ainda, a pauta da entrevista coletiva que concederá amanhã, no Hotel Ritz Lagoa da Anta, no bairro de Cruz das Almas, quando fará um balanço do que foi feito até agora pela sua equipe de transição. Vilela, no entanto, não quis adiantar sobre possíveis nomes para o seu secretariado, embora já tenha afirmado que o modelo celular não será mantido na sua administração. Para encerrar, o governador de Alagoas endossou as palavras do presidente Lula (PT), reeleito no 2º turno, de que ¿os palanques foram desmontados¿ e que o momento exige conversações para o desenvolvimento de Alagoas. ¿Vamos acionar a bancada federal de Alagoas para tentar diminuir as diferenças sociais no Estado, independente de partido político¿, afirmou.
 

Agência Nordeste

Copyright Agência Nordeste. Todos os direitos reservados.