ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Pernambuco
Segunda, 30 de outubro de 2006, 10h03 
Cinco mil festejam vitória de Lula em Caetés
 
Últimas de Pernambuco
» PE: equipe de transição vai tratar primeiro de finanças
» PE: Campos se encontra com Lula em Brasília
» Campos criará novas secretarias em Pernambuco
» PE: João Lyra espera receber finanças equilibradas
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O orgulho dos moradores da pequena Caetés (distante 252 quilômetros do Recife), terra natal do presidente Lula, era visível durante todo o dia de ontem. Milhares de eleitores vestidos de vermelho tomaram as principais ruas da cidade para exercer o direito de cidadania, dando a maioria de votos ao presidente filho da terra, Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT. Ele conquistou 9.228 votos, contra 1.083 do tucano Geraldo Alckmin, de acordo com a Folha de Pernambuco.

Contagiado pela empolgação dos eleitores, o ambulante Cícero Antônio dos Santos, 44 anos, vendeu, em dois dias, mil camisetas com a foto do conterrâneo Lula da Silva na praça principal da cidade, onde jovens e idosos não escondiam a satisfação em ajudar na reeleição do presidente Lula. "Votei nele porque é de Caetés e é o melhor para governar. Quem é daqui e votou no outro é porque não tem conhecimento", disse emocionado o agricultor Noel Antônio da Silva, 64 anos.

Outro agricultor, Duarte Pereira da Silva, 45 anos, também era só alegria ao votar no petista: "Se fosse preciso eu votaria mil vezes em Lula. Ele foi bom demais aqui para gente, e matou a fome de quem precisava. Voto nele não é porque ele é daqui não, é porque eu acho que é o melhor".

Apesar de o comitê petista ter ficado aberto fazendo a distribuição de santinhos durante todo o dia e do grande número de eleitores que anulou o voto por não acertar manusear a urna, nenhuma ocorrência foi registrada pela Justiça Eleitoral. Ontem à noite um trio elétrico contratado pela prefeitura fez a festa para os admiradores de Lula, no centro da cidade, onde cerca de cinco mil pessoas comemoraram a vitória até a madrugada desta segunda.

Já em Garanhuns, o clima foi de muita tranqüilidade e houve uma abstenção maior do que se esperava. De acordo com o juiz eleitoral da 56ª Zona, José Carlos Vasconcelos Filho, nenhuma prisão foi efetuada, ao contrário do primeiro turno, quando 17 pessoas foram presas pela prática de boca de urna, uso indevido de camisa de fiscais e transporte irregular.
 

Agência Nordeste

Copyright Agência Nordeste. Todos os direitos reservados.