ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Presidencial
Domingo, 29 de outubro de 2006, 23h13 
Reforma política é a maior prioridade, diz Dulci
 
Últimas de Presidencial
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
» Lula mantém rumo da economia e Mantega na Fazenda
» Contrapartida de apoio de Maggi a Lula prevê cargos federais
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, defendeu a reforma política como a "prioridade das prioridades" no próximo mandato do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, reeleito hoje (29), em segundo turno.

Segundo ele, "há um clamor" da sociedade pela reforma política, que pode ser feita por meio de acordos. "E é desejável que seja feita por acordos", afirmou, no hotel Intercontinental, onde Lula fez seu primeiro pronunciamento, após a declaração oficial da vitória pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Nesse sentido, Dulci ressaltou a importância de parlamentares e dos agentes das três esferas de governo - municipal, estadual e federal - envolverem-se no processo que permitirá a aprovação da reforma.

"O presidente da República, os governadores que acabaram de se eleger e os parlamentares, tanto de situação quanto de oposição, que estiverem entrosados em fazer um projeto de reforma política como prioridade vão facilitar muito".

Questionado se seria possível aprovar esse projeto ainda neste ano, o ministro disse que a "experiência histórica" mostra que não é possível discutir e aprovar reforma política em "final de legislatura". "É claro que sendo uma coisa tão importante e tão estrutural, é pouco provável que ela seja aprovada em dois meses".

Ele acrescentou que projetos desse porte devem ser aprovados no início de um mandato, quando há tranqüilidade para discutir os interesses do país sem se preocupar com a eleição. 


 

Agência Brasil