ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Presidencial
Segunda, 23 de outubro de 2006, 15h22 
Movimento negro entrega manifesto pró-Lula
 
Karine Melo
Direto de Brasília
 
Últimas de Presidencial
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
» Lula mantém rumo da economia e Mantega na Fazenda
» Contrapartida de apoio de Maggi a Lula prevê cargos federais
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Representantes dos movimentos sociais negros entregaram, na manhã de hoje, ao governador eleito da Bahia e um dos coordenadores da campanha do presidente Luiz Inácio Lula da Silva à reeleição, Jacques Wagner, um manifesto da negritude pró-Lula. O documento, assinado por 28 entidades de todo o país, sugere a implantação de políticas específicas para a população negra no âmbito do Poder Executivo.

» Terra transmite hoje debate presidencial da Record

O manifesto pede ações específicas no Ministério da Indústria e Comércio com a abertura de linha de financiamento para o comércio e indústria étnico. No Ministério da Educação pede garantia de instituição de políticas de cotas para afrodescendentes nos centros federais de educação tecnológicas, gerenciados pela Secretaria de Educação Tecnológica e no Colégio Pedro II.

No Ministério da Saúde reivindica a implantação de núcleos de atendimentos à mulher negra nos hospitais da rede pública, para prevenção da gravidez na adolescência ou indesejada, depressão, obesidade e saúde mental. No Ministério da Justiça solicita a inclusão de questões obrigatórias relativas ao combate ao racismo e estudos das relações sociais nas provas de admissão dos policiais militares, civis e federais, com vista à diminuição dos estereótipos raciais que são sustentados nas práticas dos policiais. No Ministério da Cultura pede a aplicação de cotas afirmativas para a inserção de atores e atrizes negros em telenovelas, minisséries e demais produções televisivas.

A porta voz das reivindicações foi a cantora Lecy Brandão, que fez questão de ressaltar que foi a Brasília não como artista, mas como cidadã.

Jacques Wagner prometeu encaminhar o manifesto ao presidente Lula e ao coordenador da campanha do petista Marco Aurélio Garcia ainda hoje, antes do debate na TV Record.
 

Redação Terra