ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Eleições 2006
Quinta, 28 de setembro de 2006, 00h58 
Lula venceria com 53% dos votos válidos--pesquisas
 
Alexandre Caverni e Vladimir Goitia
 
Últimas de Eleições 2006
» Ibope aumenta índice de acertos no 2º turno
» Diminui número de eleitores no 2º turno em Manaus
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

As novas pesquisas do Ibope e do Datafolha, divulgadas nesta quarta-feira, mostraram o presidente Luiz Inácio Lula da Silva com 53 por cento dos votos válidos, mantendo a previsão de que o petista será reeleito já no primeiro turno.

O principal adversário do presidente, Geraldo Alckmin (PSDB), aparece nas duas pesquisas com 35 por cento dos votos válidos, que excluem os votos brancos e nulos e os eleitores indecisos. A senadora Heloísa Helena ficou com 9 por cento.

Os números, divulgados pelo Jornal Nacional, mostram que o impacto do escândalo do dossiê contra os tucanos, que envolveu vários petistas e levou à demissão do deputado Ricardo Berzoini da coordenação da campanha de Lula, não foi suficiente, pelo menos até agora, para impedir a reeleição do presidente no próximo domingo.

Considerando as intenções de voto totais, as variações que as duas pesquisas ficaram dentro da margem de erro, de 2 pontos percentuais nos dois casos.

Pelo Datafolha, Lula manteve os 49 por cento registrados na semana passada, enquanto o tucano passou de 31 para 33 por cento. A senadora Heloísa Helena (PSOL) oscilou de 7 para 8 por cento e o senador Cristovam Buarque (PDT) manteve os 2 por cento. Os demais candidatos não chegaram cada um deles a 1 por cento.

Com isso, a diferença de Lula para a soma dos adversários passou de 8 para 6 pontos percentuais.

Mais tarde, o Jornal da Globo acrescentou que os demais candidatos somados chegaram a 1 por cento das intenções de voto. Assim, a diferença passou de oito para cinco pontos percentuais.

Já o Ibope mostrou que o petista passou de 47 para 48 por cento e Alckmin oscilando de 33 para 32 por cento. Heloísa Helena manteve 8 por cento, seguido por Cristovam, que também manteve o patamar anterior, de 2 por cento, e por Ana Maria Rangel (PRP), que continuou com 1 por cento.

Pelo Ibope, a vantagem de Lula sobre os adversários passou de 3 para 5 pontos percentuais.

SEGUNDO TURNO?

"Os 5 pontos percentuais que nos separam do segundo turno não confirmam a vitória de Lula no primeiro turno, ao contrário. Até as próximas pesquisas, esses 5 pontos serão reduzidos", disse o senador Sérgio Guerra (PSDB-PE), um dos coordenadores da campanha tucana.

O discurso otimista foi repetido por outro dos coordenadores, o senador Heráclito Fortes (PFL-PI).

"Estou convencido de que o segundo turno está garantido, pois estamos vendo no Brasil uma saturação com o governo do PT."

Já a líder do PT no Senado, Ideli Salvatti (SC), rebateu o argumento.

"Se a oposição diz que já há segundo turno, acho bom eles terem aula de reforço em matemática. Acho bom também eles irem para rua pedir voto."

No caso de a eleição não ser mesmo definida no domingo, as simulações de segundo turno também seguiram apontando a vitória do presidente.

Pelo Datafolha, Lula venceria Alckmin por 52 a 41 por cento, ante 54 a 39 por cento, na semana passada. E o Ibope mostrou o petista vencendo por 52 a 40 por cento, ante 50 a 41 por cento.

Os dois institutos também ouviram a opinião dos eleitores sobre o desempenho do governo.

Pelo Datafolha, a avaliação ótima e boa passou de 46 para 47 por cento, a regular se manteve em 34 por cento e a ruim e péssima oscilou de 18 para 17 por cento.

Pelo Ibope, a avaliação ótima e boa variou de 43 a 44 por cento, a regular, de 33 para 35 por cento e a ruim e péssima, de 20 para 21 por cento.

O Ibope entrevistou 3.010 pessoas entre segunda e terça-feira em 200 municípios do país. O Datafolha ouviu 7.528 eleitores nesta quarta-feira em 368 municípios do país.

(Reportagem adicional de Natuza Nery)
 

Reuters

Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.