ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Eleições 2006
Terça, 26 de setembro de 2006, 20h23  Atualizada às 20h59
Presidente do TSE diz que Lula deveria ir a debate
 
Últimas de Eleições 2006
» Ibope aumenta índice de acertos no 2º turno
» Diminui número de eleitores no 2º turno em Manaus
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Marco Aurélio Mello, descartou qualquer tentativa de "golpe" para tirar Luiz Inácio Lula da Silva do poder e defendeu, "como cidadão e eleitor", que o presidente vá ao debate da TV Globo na próxima quinta-feira. "De forma alguma (há uma tentativa de golpe), as instituições estão funcionando", garantiu o ministro a jornalistas após se reunir com seu xará, Marco Aurélio Garcia, coordenador da campanha de Lula à reeleição.

» Coordenador de campanha de Lula vai ao TSE discutir propaganda eleitoral

Garcia fez nesta tarde sua primeira visita ao chefe do tribunal depois de assumir o comando da campanha pela reeleição levando consigo uma "bandeira branca". Na semana passada, os dois Marco Aurélio trocaram farpas em torno do escândalo do chamado "dossiê Serra".

Minutos antes da conversa, uma coincidência indigesta: o coordenador petista encontrou na ante-sala do ministro o presidente do PSDB, senador Tasso Jereissati (CE), que havia ido ao TSE pedir a quebra do sigilo telefônico do presidente do PT, deputado Ricardo Berzoini, ex-coordenador da campanha, e de Freud Godoy, ex-assessor especial de Lula, além dos acusados de negociar a compra do suposto dossiê, Gedimar Passos e Valdebran Padilha.
 

Reuters

Reuters Limited - todos os direitos reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.