ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Rio Grande do Sul
Sábado, 16 de setembro de 2006, 17h32  Atualizada às 17h35
Ibope/RS: Rigotto lidera, Olívio cresce 5 pontos
 
Últimas de Rio Grande do Sul
» RS: apenas um terço dos candidatos prestou contas
» Yeda anuncia cinco projetos que encaminhará à AL
» Rigotto recebe Yeda e coloca secretariado à disposição
» Yeda diz que já trocou "recadinhos" com Lula
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Pesquisa Ibope para o governo do Rio Grande do Sul, divulgada na edição deste domingo do jornal Zero Hora, mostra que o governador Germano Rigotto (PMDB) mantém a liderança, mas o petista Olívio Dutra cresceu 5 pontos percentuais. Rigotto tem 30% e o ex-governador Olívio, 26%. A tucana Yeda Crusius aparece com 17%. Francisco Turra (PP), 8%. Alceu Collares (PDT), 5%. Beto Grill (PSB) tem 1%. Roberto Robaina (Psol), Edison Pereira (PV), Pedro Couto do (PSDC) e Guilherme Giordano (PCO) não foram citados. Brancos e nulos são 5%. Não sabem ou não opinaram somam 8%. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O Ibope ouviu 1,4 mil eleitores em 79 municípios entre os dias 12 e 14 de setembro. O levantamento, encomendado pela TV Gaúcha SA, foi registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 57128/06.

» Confira os resultados da pesquisa anterior

Na comparação com a pesquisa anterior, divulgada em 2 de setembro, Rigotto avançou dois pontos percentuais, de 28% para 30%. O crescimento de seu principal adversário foi maior. Olívio saltou de 21% para 26%. Outras alterações significativas foram as Turra, que também cresceu 5 pontos e saiu de 3% para 8%, e Collares, que caiu de 8% para 5%. Yeda ganhou um ponto na comparação com a pesquisa de setembro: subiu de 16% para 17%.

Segundo turno
Se a eleição fosse hoje, a pesquisa indica a realização de segundo turno. No cenário mais provável, entre Rigotto e Olívio, o governador venceria com 50% contra 37% do petista. Na pesquisa anterior, Rigotto tinha 48%, e Olívio, 34% nesse cenário.
 

Redação Terra