ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Presidencial
Quarta, 9 de agosto de 2006, 03h27  Atualizada às 04h58
Datafolha: em segundo turno, um terço votaria contra Lula
 
Últimas de Presidencial
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
» Lula mantém rumo da economia e Mantega na Fazenda
» Contrapartida de apoio de Maggi a Lula prevê cargos federais
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha divulgada na terça-feira mostra que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), candidato à reeleição, além de obter 47% das intenções de voto, contra Geraldo Alckmin (PSDB) tem 24%, também ampliou a sua vantagem em relação ao candidato tucano em um eventual segundo turno. A diferença do petista em relação a Alckmin, que era de dez pontos em julho (50% a 40%), subiu agora para 17 pontos (54% a 37%). Em uma simulação de segundo turno de Lula contra Heloísa Helena (PSOL), o atual presidente voltaria a vencer com 54%, enquanto a senadora alagoana alcançaria 35%. Votos brancos e nulos somam 7%. Eleitores indecisos também 7%. O levantamento ouviu 6.969 eleitores em 306 municípios, localizados em 25 das 27 unidades da federação. entre os dias 7 e 8 de agosto. A margem de erro é de 2 pontos percentuais. A pesquisa está registrada no TSE sob número 12633/2006. A pesquisa foi encomendada pela empresa Folha da Manhã S/A e a Globo Comunicação e Participações S/A.

» Opine sobre o resultado da pesquisa
» Datafolha: Lula seria eleito no 1º turno
» CNT/Sensus: Alckmin cai e Lula venceria no 1º turno
» Confira a pesquisa Datafolha de julho

De acordo com a Folha de S.Paulo, a semelhança nas taxas de intenção de voto de Alckmin e Heloísa Helena foi ressaltada pelo diretor-geral do Datafolha, Mauro Paulino, que ressaltou o fato de um terço dos eleitores votar sempre contra Lula, independente de seu adversário em um possível segundo turno.

Essa taxa é hoje superior ao índice de rejeição de Lula - 29% dos eleitores. As taxas de rejeição a Alckmin (23%) e Heloísa Helena (22%) também são próximas.
 

Redação Terra