ELEIÇÕES 2006
PRESIDENCIAL
ESTADUAIS
 Boletim
Receba as últimas notícias em seu email

 Fale conosco
Participe! Envie suas críticas e sugestões

 Sites relacionados
Eleições 2004


Presidencial
Segunda, 10 de julho de 2006, 12h52 
Lula receberá representantes do PMDB de todos os Estados
 
Maria Clara Cabral
Direto de Brasília
 
Últimas de Presidencial
» Lula falhou na participação social, diz especialista
» Stédile diz que reeleição é "extremamente positiva"
» Lula mantém rumo da economia e Mantega na Fazenda
» Contrapartida de apoio de Maggi a Lula prevê cargos federais
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Um dos líderes da ala governistas do PMDB no Congresso, o senador Ney Suassuna (PB), afirmou que o partido terá representantes de todos os Estados brasileiros no jantar de hoje à noite com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcado para as 19h30, na Granja do Torto. O senador explicou que atualmente 21 Estados estão fechados no apoio à reeleição do presidente.

"Nos outros Estados, os representantes no jantar de hoje serão da ala dissidente na região",disse.

Suassuna negou ainda que a concretização do apoio tenha alguma ligação com a indicação de nomes ligados aos peemedebistas para ocupar a diretoria dos Correios. "Não tem ligação alguma com o jantar de hoje. A relação de cargo e apoio não é bem assim que funciona", afirmou.

Michel Temer
Notícias vinculadas hoje afirmam ainda que o jantar entre o PMDB e o presidente Lula seria também para tratar da saída do deputado Michel Temer (SP) da presidência do partido. Segundo alguns parlamentares, interessaria a ala governista substituir Temer pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (AL).

O senador Ney Suassuna, no entanto, negou veementemente que o assunto seria pauta no jantar da Granja. "Isso não tem nenhuma condição e nem queremos que aconteça", afirmou. Ainda segundo Suassuna, o máximo que pode acontecer é a antecipação de março de 2007 para o final deste ano da reunião de troca de cargos no partido. "Não temos absolutamente nada contra o Michel (Temer)", justificou-se.
 

Redação Terra