> Notícias > Eleições 2004 > Cidades  > São Paulo
 Sites relacionados
Eleições 2002
Eleições 2000

 Boletim
 Eleições no celular Notícias por e-mail RSS
São Paulo
Segunda, 1 de novembro de 2004, 12h55 
Rejeição pessoal pesou na derrota de Marta, opina cientista político
 
Galeria de fotos
Marta admite derrota para Serra
Reinaldo Marques/Terra
Marta admite derrota para Serra
Clique na imagem para ver as fotos
Multimídia
Áudio e vídeo
» Após derrota, Marta Suplicy diz que a 'luta continua'
Saiba mais
» Serra eleito promete governo austero
» Professora da PUC aponta quatro erros de Marta
» Marta diz esperar que Serra faça um bom governo
Últimas de São Paulo
» Todas as notícias de São Paulo
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

A rejeição pessoal da candidata do PT à prefeitura de São Paulo, Marta Suplicy, foi um dos fatores que mais influiu para a sua derrota, na avaliação do cientista político do Centro Universitário do Distrito Federal, Leonardo Barreto.

Barreto, que participa do debate "O Brasil que sai das urnas" na Rádio Nacional AM, destacou que a rejeição pessoal de Marta Suplicy, em torno de 45%, era muito próxima do índice de aprovação de sua administração, cerca de 48%. "Os eleitores não conseguiram desvincular essas duas informações", disse ele. "Apesar da imagem de boa administradora, os eleitores julgaram que ela não tinha os atributos desejados por causa de sua postura arrogante".

Na opinião de Barreto, a rejeição da candidata não vem do fato de ela ser mulher, mas está ligada à sua origem sócio-econômica.
 

» Mais notícias de São Paulo
Outras cidades
Agência Brasil