0

PSB de Marina confirma apoio a Aécio Neves no segundo turno

Candidato tucano agradeceu apoio e disse que será "porta-voz" das ideias de Eduardo Campos

8 out 2014
18h23
atualizado às 20h13
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A executiva nacional do PSB confirmou em reunião nesta quarta-feira,  em Brasília, apoio no segundo turno à candidatura de Aécio Neves (PSDB) à Presidência da República. A candidata do partido, Marina Silva, ficou em terceiro lugar na corrida presidencial, com 21% dos votos válidos.

A ex-senadora vai oficializar amanhã sua decisão para o segundo turno. Apesar de ter disputado as eleições pelo PSB, Marina Silva busca criar formalmente seu próprio partido, a Rede Sustentabilidade, que tem resistências ao PSB, mas não deve apoiar a presidente Dilma Rousseff (PT). 

Na reunião do PSB, dos 28 membros da executiva que votaram, 21 foram favoráveis ao apoio ao tucano, sete decidiram pela neutralidade e apenas um votou pelo apoio à candidata Dilma Rousseff (PT). Foram favoráveis à neutralidade o presidente da legenda, Roberto Amaral, a senadora Lídice da Mata (BA), a deputada Luiza Erundina (SP), o senador Antônio Carlos Valadares (SE), o secretário nacional sindical Joilson Nascimento, o secretário da juventude Bruno da Mata e a secretária Kátia Born. O voto pró-Dilma foi do senador João Capiberibe (AP).

Após a divulgação do resultado, Aécio foi à sede nacional do PSB, em Brasília, agradecer o apoio. Em discurso, lembrou do candidato Eduardo Campos, morto em um acidente de avião, e disse que será porta-voz das ideias do ex-governador de Pernambuco. "Eduardo Campos, os seus sonhos passam a ser os meus sonhos", discursou. Ele afirmou ainda que não se esquecerá da aliança se eventualmente for eleito: "quero esta companhia agora (do PSB), mas quero está companhia também pelos próximos quatro anos".

O presidenciável tucano se disse honrado em ser o "porta-voz" das ideias de Campos. "A partir deste instante, a minha candidatura não é apenas uma candidatura minha e do meu partido. É uma candidatura do amplo desejo de mudança da sociedade brasileira e, para mim, do ponto de vista pessoal, tem um simbolismo muito grande, porque eu venho hoje na casa de um grande amigo, por quem eu tenho enorme admiração e sempre fez muito bem para a boa política brasileira, o companheiro Eduardo Campos. Portanto, serei, com muita honra, a partir de agora, porta-voz também das suas ideias e dos seus sonhos e quero dizer a todos brasileiros aquilo que ele estaria dizendo: não vamos desistir do Brasil".

<p>Candidata Marina Silva ficou na 3ª colocação no primeiro turno das eleições</p>
Candidata Marina Silva ficou na 3ª colocação no primeiro turno das eleições
Foto: Thiago Bernardes / FramePhoto

Além do PSB, também anunciaram apoio à candidatura do tucano até o momento o PPS, o PSC, do candidato derrotado Pastor Everaldo - que obteve 1% dos votos no primeiro turno - e o PV, de Eduardo Jorge. 

Programa
O candidato do PSDB, Aécio Neves, anunciou que colocou o senador eleito Tasso Jereissati (CE) para agregar ideias do PSB ao programa de governo tucano. Ele trabalhará diretamente com o vice na chapa de Marina, Beto Albuquerque, o senador eleito Fernando Bezerra (PSB-PE) e o primeiro-secretário do partido, Carlos Siqueira.
.

Veja o cenário eleitoral nos estados Veja o cenário eleitoral nos estados

Veja também:

Filha interrompe entrevista por vídeochamada e vira sensação nas redes
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade