0

No PI, Dilma ataca FHC e diz que ele fez “Bolsa mirradinha"

8 out 2014
21h13
atualizado às 21h17
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O primeiro ato da candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT), na campanha do segundo turno, foi reagir às declarações do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e criticar políticas do PSDB. Na última segunda-feira, FHC disse que o PT cresceu nos grotões porque tem voto dos menos informados.

<p>Dilma entoou o canto "Todo o Piauí, eu te amo.</p>
Dilma entoou o canto "Todo o Piauí, eu te amo.
Foto: Yala Sena / Terra

“Tem gente que olha para o Nordeste com olhar de quem governou o País só pra outra região. Aqueles que dizem que aqui são as pessoas com menos compreensão, menos educação e não sabem votar é porque não acompanharam tudo que vem acontecendo aqui nesta região”, disse Dilma Rousseff, durante ato político em Teresina, capital do Piauí.

No Estado, a presidente Dilma teve mais de 70% dos votos, lhe rendendo o maior percentual de votos válidos entre os Estados brasileiros.

A candidata disse que as pessoas que atacam o Nordeste não conhecem a região. “Nunca estiveram aqui, não conhecem a realidade deste povo que vive aqui e trabalha aqui. São pessoas capazes de ser um empreendedor, um cientista, um professor. Quero dizer que temos que superar essa visão elitista de quem governou e tirou os pobres do orçamento”.

No Piauí, a candidata estava acompanhada do governador eleito, Wellington Dias (PT), e do senador Ciro Nogueira, presidente Nacional do PP. Dilma rezou oração do “Pai Nosso” e fez declaração de amor ao Piauí. “Todo o Piauí, eu te amo”.

Bolsa mirradinha
A candidata à reeleição afirmou que existe uma visão elitista que prejudica o Nordeste. Também alfinetou os adversários que estariam prometendo melhorar os programas Bolsa Família e Minha Casa, Minha Vida.

“É muito engraçado. Nós fizemos o Bolsa Família, nós fomos lá e criamos o Bolsa Família. Aí vem meu candidato adversário e fala que eles vão fazer melhor o Bolsa Família. Porque não fizeram antes? Essa é a minha pergunta. Porque quando puderam, fizeram um Bolsa Família mirradinho assim, pequeninho assim, pra poucas pessoas”.

Marina
A candidata também comentou a possibilidade de Marina Silva declarar apoio ao candidato Aécio Neves. “A democracia é um exercício no qual as pessoas apoiam quem elas se identificam. Quando você se identifica com um projeto econômico e social, você apoia ele. Agora você assume também o compromisso com os princípios do projeto”.

Segurança
Dilma Rousseff afirmou que irá solicitar a alteração na Constituição para que o Governo Federal também seja responsável pela segurança. “Hoje, quem é responsável pela segurança pública são os Estados. Mas isso está errado. Não pode dar responsabilidade só para os Estados. Por isso a gente tem que alterar a Constituição para botar o governo federal também responsável”.

Em seu discurso, a candidata anunciou que pretende integrar as polícias Militar, Civil, Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF), para que trabalhem de forma coordenada. "Nós somos capazes de derrotar o crime organizado e a violência", afirmou.

Veja também:

Filha interrompe entrevista por vídeochamada e vira sensação nas redes
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade