0

Mark Ruffalo retira apoio a Marina, que reage no Twitter

29 set 2014
20h22
atualizado às 21h34
  • separator
  • comentários

O apoio do ator americano Mark Ruffalo à Marina Silva, candidata do PSB à Presidência, não demorou para ser retirado. Informado que Maria era contrária ao casamento gay, Ruffalo publicou um texto em seu Tumblr nesta segunda-feira no qual afirma que esta postura de Marina "o colocaria em conflito direto com ela".

<p>Ator retirou o apoio à candidata do PSB</p>
Ator retirou o apoio à candidata do PSB
Foto: Reprodução/Tumblr

"Neste momento, seria bom saber definitivamente onde a candidata Silva está nesta questão sem termos incertos. Está nebuloso e pouco claro no momento. Enquanto isso, baseado no que eu pude entender por alguns posts aqui e pelo que está disponível na internet, eu estou retirando meu apoio", declarou Ruffalo, que prosseguiu pedindo que o vídeo em que ele exalta Marina Silva não seja utilizado até a candidata confirmar ser favorável ao casamento gay e deixar claro seu posicionamento.

"Eu peço desculpas à campanha de Silva por não ter um conhecimento mais profundo das suas políticas e acabar criando essa inconveniência. Eu fiquei desapontado ao ver seu apoio ao casamento gay ser largado pelo seu partido no dia seguinte ao discurso dela. Eu peço que honrem meus pedidos em boa fé", concluiu o ator.

Pelo Twitter, a candidata mandou uma mensagem direta ao ator e declarou que é favorável à união civil homoafetiva. "Mark Ruffalo, você precisa saber que esta eleição está inundada de mentiras e esta é só mais uma mentira sobre Marina Silva", escreveu a presidenciável, em inglês, na rede social.

Com um link o plano de governo de Marina Silva, Ruffalo pediu uma versão em inglês do material e posteriormente pediu para que a candidata lhe enviasse uma mensagem direta em particular. Impaciente, emendou uma pergunta, não respondida até a publicação desta matéria: "Marina Silva, você é a favor do casamento igualitário?"

 
Fonte: Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade