Notícias Eleições Presidência Luiz Inácio Lula da Silva


 boletim tempo SMS fale conosco  

Capa
Notícias
Candidatos
Estados
Jornal do Terra
Pesquisas
Transição 2002
Urna eletrônica
 Últimas eleições
2002
2000
1998
Outras Eleições

 Sites relacionados
TSE
TREs
Partidos

 Fale conosco
Escreva com críticas e sugestões
Presidência
Terça, 29 de outubro de 2002, 13h13 
Frases de Lula depois de eleito
 
Últimas sobre Luiz Inácio Lula da Silva
» Lula se reúne com aliados para discutir governo
» Ronaldinho e ONU ajudarão no combate à fome
» Gushiken cuidará da Previdência na transição
» Lula pode ganhar título de doutor pela UFPE
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Veja aqui as melhores frases ditas por Luiz Inácio Lula da Silva, depois de ter sido eleito presidente do Brasil.

"Ontem o Brasil votou para mudar. O brasileiro votou sem medo de ser feliz e a esperança venceu o medo."
Primeiro pronunciamento como presidente eleito, Hotel Intercontinental, 28/10

"Eu queria dizer para vocês que o que nós fizemos até agora foi mais fácil do que o que nós temos para fazer daqui para frente."
Discurso na Avenida Paulista, madrugada de 28/10

"As pessoas que morreram e que não conseguiram chegar junto conosco até agora, pode ter certeza, que estão lá em cima olhando pra nós, rindo de alegria, porque nós conseguimos construir os sonhos de algumas gerações."
Discurso na Avenida Paulista, madrugada de 28/10

"Eu sempre comparo a política com o casamento. Quando a gente está apaixonado, que a gente quer casar, a gente senta com a nossa namorada e fica alimentando os nossos sonhos, discutindo o quê que a gente pode fazer. E a gente casa. E nem sempre o que a gente quis fazer a gente consegue fazer com a rapidez que a gente imaginava fazer."
Discurso na Avenida Paulista, madrugada de 28/10

"Qualquer governante deste País pode ganhar as eleições e não cumprir aquilo que prometeu porque é mais um e o povo já sabe. Nós não podemos."
Discurso na Avenida Paulista, madrugada de 28/10

"Eu jamais, jamais, deixarei de andar de cabeça erguida diante do povo brasileiro... Porque irei dormir todo santo dia com a consciência tranqüila de que cumpri o meu dever."
Discurso na Avenida Paulista, madrugada de 28/10

"Se no final de meu mandato cada brasileiro puder comer três vezes ao dia, terei cumprido a missão de minha vida."
Primeiro pronunciamento como presidente eleito, Hotel Intercontinental, 28/10

"Não vou decepcionar o povo brasileiro. A manifestação que brotou ontem será a minha inspiração e minha bússola."
Primeiro pronunciamento como presidente eleito, Hotel Intercontinental, 28/10

"É preciso resgatar e ampliar o Mercosul como instrumento de integração nacional e remover o protecionismo injusto das grandes potências econômicas."
Primeiro pronunciamento como presidente eleito, Hotel Intercontinental, 28/10

"Quero manter relações especiais com Lisboa."
Em telefonema ao primeiro-ministro português, José Manuel Durão Barroso, 28/10

"Estou com vários nomes na cabeça, como o Felipão quando montou a seleção."
Em entrevista ao Jornal Nacional, falando sobre as pessoas que ocupariam cargos em seu governo, 28/10

"Já tivemos caso de presidente que saiu pela porta dos fundos enquanto o novo entrava."
Em entrevista ao Jornal Nacional, falando que a transição será uma das mais organizadas da América do Sul, 28/10

"Todo mundo pode errar, mas, se eu errar, sei o que acontece comigo."
Em entrevista ao Jornal Nacional, 28/10

"Somente quando o tribunal anunciou oficialmente o resultado eu acreditei."
Em entrevista ao Jornal Nacional, 28/10

"O País está preparado para voltar a crescer, gerar riquezas e empregos para seu povo."
Entrevista para a CNN, 29/10

"Terei o apoio do Inocêncio (Oliveira, líder do PFL na Câmara), porque pela primeira vez ele terá o privilégio de ter um pernambucano como presidente da República."
Na Câmara dos Deputados, em Brasília, 29/10

"Igual ao Felipão, apresentarei a seleção com seus titulares. Nenhum jornal, rádio ou canal de televisão vai fazer ministro. Eu vou fazer em função daquilo que eu acredito que deva ser feito no Brasil."
30/10

"Sou fanático pelo desenvolvimento regional. O o que precisamos fazer é uma política combinada."
No Comitê Lula Presidente, 30/10

"O contato direto é uma coisa insubstituível. Se eu pudesse, abraçava todo mundo."
Lula na porta da sua casa, em São Bernardo do Campo (SP), 31/10
 

Redação Terra