Notícias Eleições


 boletim tempo SMS fale conosco  

Capa
Notícias
Candidatos
Estados
Jornal do Terra
Pesquisas
Transição 2002
Urna eletrônica
 Últimas eleições
2002
2000
1998
Outras Eleições

 Sites relacionados
TSE
TREs
Partidos

 Fale conosco
Escreva com críticas e sugestões
Eleições
Segunda, 28 de outubro de 2002, 20h15 
Sandinistas da Nicarágua comemoram vitória de Lula
 
Veja também
Galeria de Fotos
» Jornais estrangeiros e a vitória de Lula
Notícias
» Jornais internacionais destacam crise do Brasil
» Manchetes internacionais: EUA e França estão perto de acordo sobre o Iraque
» Jornais internacionais destacam medidas de Lula
» EUA estendem mãos a Lula para manter rumo da economia
» Sandinistas comemoram vitória de Lula
» Comissão pede a Lula associação entre UE e Mercosul
» Duhalde saúda Lula
Links
» Biografia de Lula
Últimas sobre Eleições
» Eleitor ausente no primeiro turno deve justificar até quinta-feira
» MS: Bernal pretende incluir na gestão nomes do PP nacional
» Haddad anuncia Netinho e mais seis novos secretários de governo
» Haddad escolhe Netinho e Tripoli para o secretariado
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

O secretário-geral da opositora Frente Sandinista de Libertação Nacional (FSLN, esquerda) da Nicarágua, o ex-presidente Daniel Ortega, aplaudiu a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de domingo no Brasil como uma vitória do povo da América Latina e Caribe.

O ex-presidente Ortega (1979-90) "telefonou no domingo para o presidente eleito Lula da Silva para cumprimentá-lo em nome do povo da Nicarágua e do partido sandinista", destacou esta segunda-feira uma nota do grupo. Segundo o documento, o líder sandinista "ressaltou a trascendência desta vitória do Partido dos Trabalhadores do Brasil para os povos da América Latina e Caribe e comunicou ao presidente eleito o contentamento da FSLN e do povo nicaragüense com a notícia".

Os dois dirigentes ratificaram, também, "as firmes e fraternas relações entre o Partido dos Trabaladores e a Frente Sandinista", ocasião que Lula aproveitou para convidar Ortega para sua posse, em janeiro de 2003, segundo a nota.

A vitória eleitoral do ex-metalúrgico também foi elogiada pela ex-guerrilheira e ex-deputada sandinista Mónica Baltodano, para quem a chegada de Lula ao poder abre as esperanças de romper com o esquema econômico do Fundo Monetário Internacional (FMI).

"Com a chegada de Lula ao poder abrem-se esperanças não somente para o Brasil, cujas mudanças terão impacto em toda a América Latina", declarou Baltodano ao El Nuevo Diario.

No entanto, Baltodano considerou que seria um erro comparar Lula com Ortega porque são suas figuras "muito diferentes", porque enquanto Lula hegemoniza um movimento popular para chegar ao poder, a Frente Sandinista ainda não conseguiu superar as diferenças internas para operar mudanças democráticas.
 

AFP

Todos os direitos de reprodução e representação reservados. Clique aqui para limitações e restrições ao uso.