Notícias Eleições Rio Grande do Norte


 boletim tempo SMS fale conosco  

Capa
Notícias
Candidatos
Estados
Jornal do Terra
Pesquisas
Transição 2002
Urna eletrônica
 Últimas eleições
2002
2000
1998
Outras Eleições

 Sites relacionados
TSE
TREs
Partidos

 Fale conosco
Escreva com críticas e sugestões
Rio Grande do Norte
Sexta, 1 de novembro de 2002, 02h17 
Vivaldo Costa defende sem radicalismo no RN
 
Últimas sobre Rio Grande do Norte
» Mais três cidades potiguares têm novo prefeito
» Outra cidade do Rio Grande do Norte elege prefeito
» Cidade potiguar será governada por peemedebista
» Coordenador define atribuições para transição no RN
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Eleito para o segundo mandato consecutivo, o deputado estadual Vidalvo Costa (PPB), vai continuar fiel à coligação "Unidade Popular" e respondendo aos resultados das urnas, se colocará na bancada de oposição ao futuro governo Wilma de Faria (PSB). "É claro que em nenhum momento vamos ser contra as ações que venham em benefício da minha região e do Estado", adiantou o deputado, que tem base eleitoral no Seridó.

Ele passou a adotar o nome parlamentar de "Dadá", como é mais conhecido em sua cidade natal, Caicó, onde teve 8.215 sufrágios dos 28.234 obtidos no primeiro turno das eleições deste ano em todo o Estado. O deputado incorporou o apelido ao seu nome, tendo para issom, autorização do juízo da Comarca de Caicó. Ele adotou o "Dadá" para diferenciar o nome parlementar do irmão Vivaldo Costa, que voltará a assumir mandato na Assembléia Legislativa a partir de 15 de fevereiro de 2003.

"Dadá" Costa participou, inclusive, da reunião que o governador Fernando Freire realizou no meio da semana, em que avaliou com a bancada da "Unidade Popular" o resultado do segundo turno das eleições, quando anunciou para os parlamentares do PPB/PMDB que se preparassem para militar na oposição. Na avaliação de "Dadá", faltou à "Unidade Popular" municipalizar mais a campanha eleitoral, mas diante do resultado do pleito, reiterou que foi eleito "para ficar na oposição", mesmo que não venha a tomar posições radicais que não beneficiam o desenvolvimento do Estado.

Ele diz que vai cobrar da governadora eleita a continuidade de projetos importantes para a população, que a própria prefeita garantiu no palanque eleitoral, como é o caso do "Pão Vitaminado". O deputado explicou que vai propor a ampliação do programa, conforme já está previsto na proposta orçamentária do governo, em tramitação na Assembléia Legislativa desde meados de setembro. Ele disse ainda que pretende sugerir a adoção da tapioca nesse programa, produto que carece de matéria-prima local - a goma de farinha de mandioca - o que resultará na abertura de mais vagas no mercado de trabalho no meio rural, possibilitando também a permanência do homem no campo e evitando sua vida para as cidades.

"É um produto que não precisa de nada de fora e é mais barato", argumenta o deputado "Dadá" Costa, que também vai cobrar de Wilma de Faria, conforme promessa que ela fez em comício realizado em Caicó, de fazer a transposição de águas da Barragem das Traíras para o açude Itans, que hoje se encontra seco devido as prolongadas estiagem que vêm assolando a região semi-árida do Estado. "Isso não será problema para a governadora eleita, pois o projeto de construção do canal já existe na Secretaria de Recursos Hídricos e foi aprovado na Assembléia Legislativa", informou o deputado caicoense. "Recursos não devem faltar, porque o projeto também se encontra no Ministério da Integração Nacional", completou.
 

Tribuna do Norte