Notícias Eleições Pernambuco


 boletim tempo SMS fale conosco  

Capa
Notícias
Candidatos
Estados
Jornal do Terra
Pesquisas
Transição 2002
Urna eletrônica
 Últimas eleições
2002
2000
1998
Outras Eleições

 Sites relacionados
TSE
TREs
Partidos

 Fale conosco
Escreva com críticas e sugestões
Pernambuco
Sexta, 11 de outubro de 2002, 20h36 
PE não terá nenhuma representante no Congresso
 
Últimas sobre Pernambuco
» Pefelista de Caruaru consegue a reeleição
» Prefeita de Olinda se reelege no primeiro turno
» Jarbas Vasconcelos reconhece derrota em Recife
» Pernambuco já tem 24 novos prefeitos eleitos
Busca
Faça sua pesquisa na Internet:

Os Estados de Pernambuco e Mato Grosso do Sul foram os únicos do País a não eleger nenhuma mulher para Câmara ou para o Senado Federal nestas eleições. Estes dois Estados estão na contramão de uma tendência que se verificou neste pleito, quando o número de mulheres aumentou consideravelmente.

Nas eleições de 2002, foram eleitas 42 mulheres deputadas federais em todo o País (8,2% do total). Isso significou um crescimento de 45% em relação às eleições de 1998, quando foram eleitas 29 deputadas (5,6% do total). Para o mandato de senadora, foram eleitas 8 candidatas, contra quatro registradas no pleito anterior.

Para a secretária executiva da Articulação de Mulheres Brasileiras (AMB), Silvia Camurça, o resultado das urnas em Pernambuco e no Mato Grosso do Sul é um reflexo da "coalizão de forças conservadoras" que domina a política nestes dois Estados.

"No caso de Pernambuco, há uma aliança pesada, com um perfil mais liberal e conservador, que se apóia nos políticos tradicionais da região. Assim, fica difícil abrir espaço para as mulheres, ao menos que elas sejam esposas desses políticos", avalia.

Ela também chama atenção para o fato de que as mulheres tem mais chances de participação quando as forças são mais democráticas. Neste sentido, ela acredita que a disputa em Pernambuco este ano entre a oposição e a situação pode acabar beneficiando as mulheres. "A briga maior no Estado foi entre as forças de direita e de esquerda. Esta polarização minou o crescimento das mulheres. Não houve espaço para uma reflexão sobre as mulheres", acredita.
 

Agência Nordeste

Copyright Agência Nordeste. Todos os direitos reservados.