0

Governo de MG construiu aeroporto em terra de tio de Aécio

A obra, que custou R$ 14 milhões, foi feita no fim do segundo mandato do tucano como governador do Estado

20 jul 2014
03h29
atualizado às 03h34
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
<p>O jornal afirma que, para pousar no aeroporto, é preciso pedir autorização a familiares de Aécio</p>
O jornal afirma que, para pousar no aeroporto, é preciso pedir autorização a familiares de Aécio
Foto: Ueslei Marcelino (BRAZIL - Tags: POLITICS ELECTIONS) / Reuters

O governo de Minas Gerais construiu, em 2010, um aeroporto dentro de uma fazenda de um parente do senador e candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB), na cidade de Cláudio. A obra, que custou R$ 14 milhões, foi feita no fim do segundo mandato do tucano como governador do Estado. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

De acordo com a publicação, o aeroporto é administrado por familiares de Aécio. A família de Múcio Guimarães Tolentino, 88 anos, que é tio-avô do tucano e ex-prefeito de Cláudio, guarda as chaves do portão do local. 

O jornal afirma que, para pousar no aeroporto, é preciso pedir autorização aos filhos de Múcio. Segundo um deles, Fernando Tolentino, a pista recebe pelo menos um voo por semana, e seu primo Aécio Neves usa o aeroporto sempre que visita a cidade. Múcio é irmão da avó de Aécio, Risoleta Tolentino Neves, que foi casada por 47 anos com Tancredo Neves.

Segundo a publicação, a pista do aeroporto tem um quilômetro e pode receber aeronaves de pequeno e médio porte, com até 50 passageiros. Sem funcionários, o local é considerado irregular pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que afirmou que ainda não recebeu do governo estadual todos os documentos necessários para a homologação do aeroporto.

Ao jornal, Aécio afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a construção do aeroporto seguiu critérios técnicos, e que o governo de Minas Gerais não levou em consideração o fato de o proprietário do terreno ter parentesco com ele.

Guia do eleitor Guia do eleitor

Veja também:

Bolsonaro já admitiu que Wassef era seu advogado
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade