Maranhão

Sábado, 20 de dezembro de 2008, 16h31

Cidade do Maranhão terá nova eleição para prefeito

  • Notícias

Eveline Lopes
Direto de São Luís

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão marcou para o próximo dia 25 de janeiro novas eleições em Joselândia, município na região central do Estado, com pouco mais de 11 mil eleitores.

O novo pleito é devido à cassação do registro do candidato a prefeito reeleito, Marcelo de Abreu Queiroz (PMDB), acusado de abuso de poder econômico e compra de votos. A cassação foi decidida pelo TRE de 16 de dezembro, por unanimidade.

O candidato pode recorrer da decisão, mas até este sábado ainda não havia apresentado recurso.

Será necessária uma nova eleição porque a soma dos votos adquiridos pelo candidato cassado com os votos nulos é superior a 50% dos votos válidos.

Pela resolução 7487/2008 do TRE, estão aptos a participar da nova eleição os partidos e coligações habilitados no pleito majoritário de 2008, desde que continuem com seus registros no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A partir de agora, começa a contar um novo calendário eleitoral para Joselândia. As convenções podem ser realizadas até o dia 25 de dezembro, e os candidatos precisam registrar as candidaturas no cartório eleitoral da cidade até as 19h do dia 27.

O partido do candidato cassado pode indicar um novo nome. O candidato que estiver em um cargo que gere inelegibilidade deve se afastar nas 24h após a convenção partidária.

Após os registros, os novos candidatos começam a campanha eleitoral para convencer os eleitores que vão às urnas no dia 25 de janeiro.

Toda a eleição será coordenada pela Justiça Eleitoral do município, mas a assessoria de comunicação do TRE informou que a instituição deve mandar apoio técnico para o dia da votação.


Especial para Terra