Alagoas

Sexta, 19 de dezembro de 2008, 07h30 Atualizada às 07h33

TSE nega registro a candidatos que tentavam 3º mandato

  • Notícias

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o registro de dois candidatos a prefeito que exerceram dois mandatos em um mesmo município acabaram se elegendo para um terceiro, em outra cidade. A decisão foi tomada na noite de quarta-feira.

Foram julgados José Rogério Cavalcante Farias, prefeito reeleito em Porto de Pedras (AL), e José Petrúcio Oliveira Barbosa, que disputou a prefeitura de Palmeira dos Índios (AL). Os registros dos candidatos já haviam sido rejeitados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE-AL), mas eles recorreram ao TSE.

Por maioria de votos, os ministros do TSE entenderam que a possibilidade de obtenção de um terceiro mandato em outro município, por prefeito eleito e reeleito em localidade diferente, representaria o desvirtuamento do instrumento eleitoral e a consolidação dos chamados "prefeitos itinerantes".


Redação Terra