São Paulo

Quinta, 18 de dezembro de 2008, 22h03 Atualizada às 22h06

SP: 23 prefeitos reeleitos têm dívida com a Justiça

  • Notícias

A Procuradoria Regional da República da 3ª Região (PRR-3) informou, nesta quinta-feira, que, segundo levantamento da instituição, 23 prefeitos reeleitos no Estado de São Paulo estarão respondendo a ações criminais ou inquéritos policiais no momento em que iniciarem seu próximo mandato.

Segundo a PRR-3, entre os reeleitos, dois são réus em ações penais e 22 são alvo de investigações por crimes federais.

O estudo também apontou 48 prefeitos investigados ou processados que perderão a prerrogativa de foro a partir de janeiro, por não terem sido reeleitos. Assim, esses políticos deixarão de ser julgados no Órgão Especial e passarão a responder à primeira instância, nas Varas da Justiça Federal.

Para a PRR-3, essa mudança permitirá uma maior agilidade no julgamento por conta da proximidade física das Varas e porque as decisões serão tomadas apenas por um juiz.


Redação Terra