Eleições 2008

Quinta, 4 de dezembro de 2008, 17h08 Atualizada às 19h34

TSE: candidatos a prefeito de SP gastam R$ 68 mi; do Rio, R$ 23 mi

  • Notícias

Os candidatos à prefeitura de São Paulo gastaram em campanha um total de R$ 68.366.187,97, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As doações recebidas somam 68.421.022,02. Já os candidatos do Rio de Janeiro utilizaram R$ 23.382.758,90 e arrecadaram R$ 23.333.523,08. Está disponível no site do tribunal uma consulta às prestações de contas dos candidatos às eleições municipais deste ano (http://www.tse.gov.br/internet/partidos/prestacao_contas.htm).

Na capital paulistana, o prefeito Gilberto Kassab (DEM) foi o que mais gastou (R$ 29.744.381,46) e mais recebeu doações (R$ 29.788.531,55).

Em segundo lugar, ficou a ex-prefeita Marta Suplicy (PT), que gastou R$ 21.018.548,80 dos R$ 21.025.198,43 recebidos. O terceiro lugar é ocupado pelo ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB). O tucano gastou a exata quantia que arrecadou: R$ 16.379.049,08.

A candidata Soninha Francine (PPS) utilizou R$ 550.136,04 na campanha e arrecadou R$ 550.506,63. Paulo Maluf (PP) vem na seqüência. Ele gastou R$ 377.776,44 e recebeu R$ 381.181,37. Já Ivan Valente (Psol) usou R$ 173.785,92 e arrecadou R$ 173.847,73.

Ciro Moura (PTC) e Renato Reichmann (PMN) foram os que menos receberam recursos. O primeiro candidato gastou R$ 78.740,00 e arrecadou R$ 78.932. O peemenista utilizou R$ 43.770,23 e recebeu R$ 43.775,23.

Rio de Janeiro
O candidato que mais arrecadou e gastou recursos foi Eduardo Paes (PMDB). Ele utilizou a quantia exata que recebeu: R$ 11.408.324,00.

Fernando Gabeira (PV) gastou mais verba em sua campanha do que recebeu: R$ 5.207.564,40 contra R$ 5.157.564,40. Jandira Feghalli (PCdoB) ocupa o terceiro lugar, com R$ 2.447.436,84 de despesas e R$ 2.447.437,60 de gastos.

Em seguida aparece Solange Amaral (DEM), que gastou R$ 2.188.640,70 e recebeu R$ 2.188.650. O candidato Marcelo Crivella (PRB) utilizou R$ 1.118.786,64 e arrecadou R$ 1.118.792,14. Enquanto Alessandro Molon (PT) gastou R$ 873.202,11 e recebeu R$ 873.227,58.

Os candidatos que menos gastaram foram Chico Alencar (Psol), com R$ 89.436,50, Paulo Ramos (PDT), com R$ 22.800, e Vinicius Cordeiro (PTdoB), com R$ 22.100. O primeiro arrecadou R$ 89.749. Os outros dois utilizaram a totalidade dos recursos na campanha.


Redação Terra