Rio de Janeiro (RJ)

Segunda, 10 de novembro de 2008, 16h35 Atualizada às 17h03

Tarso promete aumentar recursos do Pronasci no Rio

  • Notícias

Daniel Gonçalves
Direto do Rio de Janeiro

O ministro da Justiça, Tarso Genro, se encontrou com o prefeito eleito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), na Fundação Getúlio Vargas para discutir a implantação do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) na nova gestão da capital fluminense. Segundo ele, a atual prefeitura usou muito pouco dos recursos disponibilizados pelo governo federal em 2008. A intenção é mudar esse quadro.

"A prefeitura provavelmente apresentou projetos em trono de um R$ 1,5 milhão e nós temos prefeituras em outras partes do País que pegaram quatro ou cinco vezes mais recursos para essas políticas preventivas. Então se trata agora de agilizar esse relacionamento e reverter esse quadro", disse o ministro.

Tarso lembrou ainda que há 93 projetos à disposição e que a Guarda Municipal pode ser incluída neles.

Paes afirmou que a prefeitura vai adotar uma nova forma de lidar com a questão da segurança pública, auxiliando o Estado nesse papel, e que a Guarda Municipal vai ser muito importante para cumprir esse objetivo.

O prefeito eleito não adiantou os valores que serão disponibilizados pelo Pronasci ao município e também não disse como eles serão empregados, mas não descartou a compra de armas não letais para a Guarda Municipal.

Ainda de acordo com Paes, ele pretende criar um gabinete integrado de segurança pública para trabalhar em conjunto com o governo estadual.


Redação Terra