Amazonas

Quarta, 5 de novembro de 2008, 08h12 Atualizada às 09h14

Em Manaus, vereador mais votado pode perder mandato

  • Notícias

Está previsto para amanhã, 6, no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) em Manaus (AM), o julgamento do processo que pede a impugnação da candidatura do vereador mais votado do município, Henrique Oliveira (PP). O Ministério Público Eleitoral (MPE) apurou que Oliveira é servidor da Justiça Eleitoral, o que o impede de filiar-se a partidos políticos. Para levar a candidatura adiante, ele deveria ter pedido exoneração do cargo que ocupa no TRE em Manaus.

O vereador eleito omitiu essa situação. Apenas licenciou-se da função e declarou ser jornalista no momento em que pediu o registro de candidatura. Se esta for impugnada, assumirá o primeiro suplente da coligação do vereador.

Oliveira também será julgado em um processo interno no TRE, que já está em andamento. A previsão da comissão de processo administrativo do tribunal é que em até 20 dias seja apresentado o relatório opinativo a respeito do caso ao presidente do TRE no Amazonas, desembargador Ari Moutinho, que determinará o resultado do processo.


Redação Terra