Macapá (AP)

Segunda, 3 de novembro de 2008, 17h30 Atualizada às 19h33

Roberto Góes anuncia equipe de transição em Macapá

  • Notícias

Roberto Góes (de azul, à esquerda) e o atual prefeito, João Henrique (centro) participam de encontro
Roberto Góes (de azul, à esquerda) e o atual prefeito, João Henrique (centro) participam de encontro
Divulgação

Mario Tomaz
Direto de Macapá

Em reunião com o atual prefeito de Macapá, João Henrique (PT), Roberto Góes (PDT), eleito no dia 26 de outubro, anunciou os nomes dos membros da equipe de transição da prefeitura. São eles: Alberto Góes, secretário de Governadoria, Coordenação Política e Institucional, Joel Nogueira, Secretário Especial de Desenvolvimento da Gestão, Odival Monterrozo, Secretário Especial de Desenvolvimento da Infra-Estrutura, e Nazaré Farias, Secretária Especial de Desenvolvimento Social, todos do governo do Amapá.

Acompanhado da vice-prefeita eleita, Helena Guerra (DEM), o pedetista passou duas horas a portas fechadas com o atual prefeito e a imprensa foi proibida de entrar pela assessoria da atual gestão, alegando que os assuntos tratados eram de interesse administrativo.

Antes da reunião, em entrevista coletiva, o prefeito João Henrique disse que está quitando todas as dívidas com funcionários para evitar problemas ao futuro prefeito. Porém, a funcionária terceirizada Aldine Silva discorda da informação do prefeito.

Ela denunciou que não está sendo efetuado o pagamento do FGTS para os antigos funcionários da Empresa de Urbanização de Prefeitura de Macapá (Urbam) e teme por demissão sem benefícios.

"Nosso futuro está incerto e teremos que conversar com o novo prefeito para sabermos da real situação da gente", ressaltou.

Após a reunião, o prefeito eleito declarou que, a partir de agora, inicia-se um novo desafio pela frente: o de estar a par de real situação da prefeitura.

"Vamos visitar cada setor, cada departamento, e colocar em prática o nosso plano de trabalho, uma vez que fizemos promessas de campanha e teremos de transformar em realidade", comentou.

Góes ainda não descansou após a vitória nas urnas. Durante uma semana, trafegou em ônibus de várias linhas da capital, visitou postos médicos e o centro comercial da cidade.

"Neste momento a gente não está em campanha, mas agradecendo o apoio dos moradores que acreditaram em nossas propostas eleitorais e nos elegeram para estar à frente da prefeitura desta capital", finalizou.


Redação Terra