Porto Alegre (RS)

Quarta, 29 de outubro de 2008, 15h55 Atualizada às 17h42

No RS, Olívio comemora desempenho petista nas urnas

  • Notícias

O ex-governador do Rio Grande do Sul e presidente do diretório estadual do PT, Olívio Dutra, concedeu entrevista coletiva, na sede do partido, onde fez a avaliação sobre os resultados das eleições municipais. Para o petista, o partido saiu-se muito bem nas eleições municipais do Estado. "Elegemos 61 prefeitos e prefeitas. Crescemos cerca de 48% e passamos a governar 1.842.495 eleitores como chefe do Executivo", observou.

Olívio destacou as vitórias nas cidades de Canoas e Novo Hamburgo. De acordo com o político, também foi positivo o fato do PT ter feito cerca de 40% dos votos válidos em Caxias do Sul e Rio Grande, dois dos cinco maiores colégios eleitorais do Estado.

Apesar das derrotas, ele ressaltou também a presença do PT no segundo turno em Pelotas e Porto Alegre. "A ida do PT ao segundo turno, nas três cidades onde a nova eleição ocorreu (Canoas também teve uma segunda disputa), mostra a força do partido como representante de grande parte da sociedade, nos destacamos como o partido que polariza o debate no cenário político gaúcho", afirmou

Sobre alianças para a eleição ao governo estadual, em 2010, Olívio disse que o grande objetivo do PT é buscar o apoio do PDT. Para o petista, o fato dos trabalhistas terem formado coligação com José Fogaça (PMDB), em Porto Alegre, não impede as negociações. "Tenho conversado com dirigentes do PDT e pode sim ocorrer uma aliaça no futuro", informou Dutra.

Sobre a possibilidade de coligação com o PMDB em 2010, o dirigente petista descarta essa hipótese por considerar que o partido "só serve para acomodar interesses pessoais".


Redação Terra