São Paulo (SP)

Terça, 28 de outubro de 2008, 19h49 Atualizada às 20h24

Kassab: secretário de Saúde vai ter mais 4 anos pela frente

  • Notícias

O prefeito eleito na cidade de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), confirmou que o atual secretário municipal da Saúde, Januário Montoni, irá continuar na pasta. "Olha a cara dele (Montoni) de amargurado. Ele vai ter mais quatro anos de trabalho pela frente. Olha a cara dele de preocupação", disse durante uma vistoria da Assistência Médica Ambulatorial (AMA) de Santa Cecília, no centro.

Em outra ocasião, o democrata já havia confirmado a permanência de Alexandre de Moraes na secretaria dos Transportes. Kassab tem falado à imprensa que não haverá mudanças no secretariado para acomodar novos aliados em cargos da administração municipal.

Rio de Janeiro
No Rio de Janeiro, o prefeito eleito, Eduardo Paes (PMDB), anunciou o nome do secretário municipal da Saúde. O médico cardiologista Hans Fernando Rocha Dohmann assumirá o cargo no ano que vem. "Ele foi um dos elaboradores da nossa proposta de campanha", afirmou.

Dohmann, 43 anos, é doutor em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e, desde 2007, dirige o Instituto Nacional de Cardiologia em Laranjeiras, na zona sul da capital fluminense.

No campo científico, coordenou as equipes que realizaram os primeiros implantes de células-tronco em coração e no cérebro no mundo. Ele também foi chefe da divisão de ensino e pesquisa do Instituto Nacional de Traumato Ortopedia (Inpo) e dirigiu o Instituo Estadual de Cardiologia Aloísio de Castro.


Redação Terra