São Luís

Segunda, 27 de outubro de 2008, 13h54 Atualizada às 14h35

Castelo começa a montar a equipe de transição em São Luís

  • Notícias

Eveline Lopes
Direto de São Luís

O prefeito eleito em São Luís com 55,84% dos votos, João Castelo (PSDB), acordou quase afônico. Apesar disso, deu alguns telefonemas e concedeu uma rápida entrevista para uma emissora de rádio local. Castelo afirmou que começará logo a montar sua equipe de transição. A vice-prefeita eleita, Helena Duailibe (PSB), e o professor Moacir Feitosa surgem como os próximos nomes a assumir secretarias municipais.

Após afirmar que não governará sozinho a capital, Castelo deixou escapar dois nomes que assumirão as secretarias municipais da Saúde e da Educação. "Há muito tempo, durante a própria campanha, Helena é minha vice e disse que ela é responsável pelo setor de saúde. Ela é uma profissional muito experiente", disse o prefeito eleito.

O outro secretário ainda não recebeu o convite oficial. "Moacir (Feitosa) é um excelente professor, um educador, e espero que ele responda positivamente ao meu convite", disse Castelo, explicando que o professor universitário já esteve à frente das secretarias de Educação e de Obras Públicas de São Luis.

Está previsto para às 15h uma entrevista coletiva do novo prefeito de São Luís e às 17h uma missa na cidade vizinha de São José de Ribamar, santo que é considerado o padroeiro do Maranhão.

João Castelo, aos 71 anos já foi governador do Maranhão, senador e deputado federal. Agora, ficará na prefeitura da capital maranhense até o ano em que ela completará 400 anos de fundação. "Se Deus quiser vou cumprir minhas propostas antes mesmo dos quatro anos. Eu quero que quando São Luís for completar 400 anos seja outra cidade", afirmou Castelo.


Especial para Terra