Porto Alegre (RS)

Segunda, 27 de outubro de 2008, 09h26

Derrotada em Porto Alegre, Rosário tira o dia de folga

  • Notícias

Rosário afirmou que a Frente Popular continuará participando da vida política de Porto Alegre
Rosário afirmou que a Frente Popular continuará participando da vida política de Porto Alegre
Ines Arigoni/Futura Press

A candidata derrotada à prefeitura de Porto Alegre, Maria do Rosário (PT), preferiu não se manifestar no dia seguinte às votações do segundo turno e, de acordo com assessores, ficará descansando em sua residência no bairro Três Figueiras, em Porto Alegre.

A petista foi derrotada pelo prefeito reeleito, José Fogaça (PMDB), recebendo 41,05% dos votos válidos. O peemedebista, que protagoniza o primeiro caso de reeleição na capital gaúcha, obteve 58,95%. O resultado do primeiro turno já indicava favoritismo ao atual prefeito, que recebeu 43,8% dos votos válidos, enquanto Rosário obvete 22,73%.

Após a derrota, em seu comitê de campanha, no centro da cidade, Rosário manifestou o desejo de que Fogaça faça um bom governo e cumpra os compromissos assumidos com o povo.

A petista disse ainda que aceita a derrota, já que seu partido lutou pela democracia no País, mas garantiu que a Frente Popular continuará participando da vida política de Porto Alegre.


Redação Terra