Florianópolis (SC)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 22h00 Atualizada às 22h09

SC: Amin reconhece derrota e critica institutos de pesquisa

O candidato do PP, Esperidião Amin, acompanhou a apuração dos votos no comitê de campanha
O candidato do PP, Esperidião Amin, acompanhou a apuração dos votos no comitê de campanha
Fabrício Escandiuzzi/Especial para Terra

Fabrício Escandiuzzi
Direto de Florianópolis

O candidato derrotado nas eleições de Florianópolis, Esperidião Amin (PP), reconheceu a vitória do adversário Dário Berger (PMDB), mas não poupou críticas ao Ibope e ao prefeito reeleito. "Peço, sinceramente, que nossa cidade receba um tratamento bem melhor e mais carinhoso do que o assistimos nos últimos três anos e meio. Não gostamos de ver Florianópolis ocupando páginas policiais na mídia", afirmou Amin.

As declarações foram dadas pelo ex-governador na noite deste domingo, o deixar seu comitê. Acompanhado da mulher, a deputada federal Ângela Amin, e de seus filhos, Amin reconheceu a derrota e afirmou que a vontade do povo é soberana. "Essa é uma das maiores conquistas da democracia", disse. "Reconheço os votos e a escolha do eleitorado de Florianópolis".

Amin disse ainda que essa é a terceira eleição consecutiva em que as pesquisas eleitorais aparecem com resultados distantes da chamada margem de erro. "A diferença, inclusive nas pesquisas de boca-de-urna, apontavam mais de 20 pontos percentuais entre os candidatos, e a diferença não foi essa. Aconteceu em 2006 e 2004 e voltou a se repetir agora. Não quero criticar o instituto, mas é algo que deve ser reavaliado", lamentou Amin.


Especial para Terra