São Paulo (SP)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 20h46 Atualizada às 23h10

Kassab dedica a Serra; monopólio perdeu, diz governador

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) dedicou a vitória ao governador do Estado, José Serra
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) dedicou a vitória ao governador do Estado, José Serra
Reinaldo Marques/Terra

Daniel Biasetto
Direto de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), dedicou, durante entrevista coletiva, sua vitória nas eleições ao governador do Estado, José Serra (PSDB). Kassab afirmou que Serra é um "grande amigo e líder" e disse que espera receber o mesmo carinho da população paulistana daqui a quatro anos. Sobre os resultados nacionais, Serra disse que "o monopólio no poder perdeu".

"Quero parabenizar a minha equipe, ao nosso grande aliado, o PSDB, e dizer que o nosso objetivo é que, daqui a quatro anos, sejamos recebidos nesse mesmo ambiente. Há pouco tempo ocorreu a morte de minha mãe, mas posso dizer que tenho no José Serra um grande amigo, um grande líder. Dedico a ele essa vitória", afirmou Kassab ao lado de sua vice, Alda Marco Antônio, do governador e da primeira-dama do Estado, Mônica Serra, no hotel Ca'd'Oro, região central da cidade.

Em seguida, o governador José Serra tomou a palavra e admitiu que foi uma vitória dura. Ele celebrou que Kassab foi eleito por um número ainda maior de votos do que recebeu em 2004. "Queria me congratular com Kassab e sua vice e dizer que foi uma vitória dura. Uma vitória aqui em São Paulo de nossa aliança é gratificante. A pontuação de hoje expressa apoio ao nosso programa de governo. Afinal fomos aprovados por uma maioria ainda maior do que nós tivemos em 2004. Nossa disposição é continuar o trabalho de aproximação de parceria com a prefeitura, é preciso reiterar que, qualquer que fosse o eleito, nós apoiaríamos".

O governador disse ainda que sua experiência e a de Kassab vai ajudar muito a desenvolver as áreas de saúde e da educação. Serra terminou o discurso dizendo que a vitória de Gilberto Kassab foi a "vitória de um bom governo".

Kassab, da coligação São Paulo no Rumo Certo (PR-PMDB-PRP-DEM- PV-PSC), foi eleito prefeito da capital paulista no segundo turno com 60,72% dos votos válidos. A candidata concorrente, Marta Suplicy (PT), obteve 39,28%.

"Monopólio perdeu"
Com relação aos resultados nacionais, Serra disse que quem ganhou foi "a pluralidade, a diversidade". "Essa eleição mostra que o povo brasileiro não quer um partido, nenhuma força, tenha o monopólio do poder (...) e nem deve lutar por esse monopólio", afirmou. "Todos os partidos devem lutar para corresponder às expectativas que a população mostrou nas urnas".

"O monopólio perdeu. Aqueles que sonham com o monopólio, eu espero que desistam disso. Meu partido não tem essa pretensão e não terá, isso eu posso assegurar", afirmou o governador.

Aliança
Antes do discurso, em entrevista à Globonews, o prefeito de São Paulo afirmou que sua vitória nas eleições municipais fortalece a aliança entre PSDB e DEM em nível nacional. Kassab também garantiu que ficará os quatro anos no Executivo municipal e agradeceu o reconhecimento da população.

"Sem dúvida é o fortalecimento dessa aliança. Uma aliança que vai tão bem na principal cidade do País, no principal Estado do País. Uma aliança que faz em conjunto uma oposição responsável responsável e severa no governo federal. (...) Ela se fortalece sim com essa vitória, porque se está dando certo em São Paulo, não tem porque não continuar dando certo em nível nacional", afirmou o prefeito.


Redação Terra