Porto Alegre (RS)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 19h14 Atualizada às 22h30

Fogaça: agora é hora de agradecer à militância

José Fogaça (PMDB) comemora vitória no comitê central do partido, em Porto Alegre
José Fogaça (PMDB) comemora vitória no comitê central do partido, em Porto Alegre
Alfonso Abraham/Divulgação

Cristian Costa
Direto de Porto Alegre

O prefeito reeleito de Porto Alegre, José Fogaça (PMDB), afirmou, ao saber que havia vencido as eleições municipais, que "agora é a hora de agradecer à militância". Ele deixou sua residência por volta das 19h para ir ao comitê central de campanha.

Fogaça venceu, com 94,75% dos votos apurados, o segundo turno das eleições municipais e foi reeleito prefeito com 58,99%. É o primeiro caso de reeleição na prefeitura da capital gaúcha. A candidata petista, Maria do Rosário, obteve 41,01% dos votos válidos. Fogaça, que tem como vice na chapa José Fortunati (PDT), enfrentou, no primeiro turno, uma campanha marcada pelo tom agressivo de seus adversários contra a sua administração.

Fogaça, que tem como vice na chapa José Fortunati (PDT), enfrentou, no primeiro turno, uma campanha marcada pelo tom agressivo de seus adversários contra a sua administração. Licenciado do cargo com o objetivo de se entregar completamente à candidatura, o peemedebista focou seu discurso nas realizações, além de alfinetar a administração passada, do Partido dos Trabalhadores (PT), alegando que quando assumiu a prefeitura havia dívidas, em 2005.


Especial para Terra