São Paulo (SP)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 19h12 Atualizada às 23h50

Gilberto Kassab é eleito prefeito de São Paulo

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) dedicou a vitória ao governador do Estado, José Serra (PSDB)
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM) dedicou a vitória ao governador do Estado, José Serra (PSDB)
Reinaldo Marques/Terra

O atual prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), da coligação São Paulo no Rumo Certo (PR-PMDB-PRP-DEM- PV-PSC) foi eleito prefeito da capital paulista com 60,72% dos votos válidos. Marta Suplicy (PT) obteve 39,28%.

Kassab, que tem como vice em sua chapa Alda Marco Antonio (PMDB), teve uma campanha marcada pelo grande crescimento nas pesquisas com o início da propaganda gratuita de rádio e TV. O candidato democrata ignorou os ataques de Geraldo Alckmin e concentrou seu fogo contra a petista Marta Suplicy, fazendo comparações entre os seus dois anos de governo e os quatro da ex-ministra.

Gilberto Kassab buscou também uma aproximação de sua imagem ao governo de Estado, chegando a declarar, em setembro, que apoiaria uma possível candidatura de José Serra (PSDB) à Presidência em 2010.

Um fato que marcou a candidatura de Kassab foi decisão de seu partido de promover a quebra de uma aliança histórica na cidade. Para buscar a eleição de Kassab, o DEM rompeu com o PSDB em São Paulo, que lançou Geraldo Alckmin.

Kassab assumiu a prefeitura de São Paulo em 2006, quando o então prefeito José Serra deixou o cargo para se candidatar ao governo do Estado. Impulsionado por medidas polêmicas como o projeto Cidade Limpa, que limitou a utilização da propaganda visual, a aprovação de seu mandato chegou a mais de 55%, de acordo com uma pesquisa divulgada pelo instituto Datafolha no primeiro trimestre deste ano.

Os votos em branco na capital paulista somaram 2,62% e 5,03% anularam. Dos 8.198.282 eleitores, 6.383.547 compareceram à votação (77,86%).


Redação Terra