Maranhão

Domingo, 26 de outubro de 2008, 18h07 Atualizada às 18h44

PM prepara esquema de segurança para apurações em São Luís

  • Notícias

Mais de 70 homens do Batalhão de Choque da Policia Militar (PM) preparam, em frente à sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, o esquema de segurança para evitar conflito entre militantes dos candidatos João Castelo (PSDB) e Flávio Dino (PcdoB), que disputaram hoje o segundo turno na capital maranhense.

De acordo com o comandante da operação, coronel Nivaldo, serão organizadas duas áreas, separadas por viaturas, para evitar o contato direto entre as torcidas. "Vamos isolar as torcidas como na TV Mirante durante o debate".

"Serão montados dois telões, o da esquerda será para os torcedores de Flávio Dino e o da direita, para os de Castelo", explicou o coronel. "Vamos agir para evitar confusões e conflito", acrescentou.

Durante a última semana, correligionários dos dois candidatos se enfrentaram duas vezes na cidade. Em uma delas, vários militantes tiveram que ser levados ao hospital e o comitê de um dos concorrentes foi apedrejado.

Segundo o TRE, em São Luís, até as 16h30, horário local, haviam sido substituídas 18 urnas eletrônicas. O tribunal confirmou que foram feitas algumas prisões por boca-de-urna e baderna, mas não soube dizer o número de detidos.


Agência Brasil