Belo Horizonte (MG)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 12h32 Atualizada às 12h56

Em BH, Alencar diz que é precipitado falar em 2010

O vice-presidente José Alencar foi votar acompanhado por Leonardo Quintão
O vice-presidente José Alencar foi votar acompanhado por Leonardo Quintão
Ney Rubens/Especial para Terra

Ney Rubens
Direto de Belo Horizonte

Após declarar seu voto a Leonardo Quintão (PMDB), o vice-presidente José Alencar (PRB) afirmou que ainda é cedo para avaliar a influência da eleição à prefeitura de Belo Horizonte sobre o cenário eleitoral de 2010. Alencar votou às 11h30 da manhã deste domingo na Escola Balão Vermelho, no bairro Mangabeiras, região centro-sul da capital mineira.

"Seria precipitado relacionar qualquer resultado, hoje, a 2010. Ainda tem metade dos mandatos dos governadores e do presidente e outras conjunturas podem acontecer", disse.

Alencar estava acompanhado do candidato à prefeitura da capital, Quintão, da candidata derrotada no primeiro turno, Jô Moraes (PCdoB) e do ministro das Comunicações, Hélio Costa (PMDB).

O vice-presidente declarou que não acompanhou de perto a eleição para a prefeitura de Belo Horizonte devido aos problemas de saúde que tem enfrentado.

"Você sabe que fiquei de certa forma meio distante daqui porque estava fazendo tratamento em momentos que eu deveria ter tempo para estar atento aqui", disse Alencar, referindo-se às internações às quais se submeteu para o tratamento de um câncer.

"Prefiro esperar os resultados das urnas. Não tenho grande experiência em pesquisa, não. Você sabe que a eleição é uma coisa que a gente tem de trabalhar com segurança, mas sabendo que o resultado é depois da apuração", afirmou.


Especial para Terra