Macapá (AP)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 10h38 Atualizada às 12h00

Segundo turno em Macapá começa com clima quente

  • Notícias

Os eleitores de Macapá (AP) vão ter que enfrentar muito calor para escolher o prefeito. Às 7h30 desta manhã, os termômetros locais já registravam 25 graus e, segundo o Centro de Previsão e Estudos Climáticos (Cpetec), a temperatura poderá chegar a 31 graus ao longo do dia. Um motivo a mais para que alguns amapaenses aproveitassem para exercer seu direito ao voto logo cedo.

A técnica em enfermagem Maria Raimundo Rodrigues Dias saiu de casa às 7h15. Foi a primeira a votar em uma das seções da Universidade Estadual do Pará. "Para mim é importante votar logo cedo e ficar na expectativa para que o candidato eleito seja capaz de fazer algo para melhorar a cidade", disse.

O jornalista Sebastião Barreiro Crisanto diz ter repetido hoje o que faz em todas as eleições. "Eu sempre quero ser o primeiro a votar". Ele chegou à universidade às 7h30 e conseguiu o que queria.

Outra a chegar cedo ao local de votação foi a pensionista Eulina Picanso Camilo. "Eu gosto de vir cedo porque de tarde tem muita gente. Assim eu cumpro logo com a minha obrigação e não preciso mais me preocupar pelo resto do dia", afirmou. Eulina ainda acredita que a diferença de votos entre os dois candidatos vai ser muito pequena.

Como não há horário de verão no estado, o Amapá está uma hora atrasada em relação ao horário de Brasília. Das 30 cidades onde haverá segundo turno, apenas Manaus (AM), com duas horas a menos que Brasília, e Cuiabá (MT), com uma hora a menos, estão em situação semelhante.


Agência Brasil