Porto Alegre (RS)

Domingo, 26 de outubro de 2008, 08h40 Atualizada às 08h44

Dilma: PT tem chances em São Paulo e Porto Alegre

Maria do Rosário (de vermelho)  tomou café da manhã com Olívio Dutra e Dilma Roussef
Maria do Rosário (de vermelho) tomou café da manhã com Olívio Dutra e Dilma Roussef
Caroline Morelli/Divulgação

Marcelo Ortiz
Direto de Porto Alegre

No café da manhã da candidata à prefeitura de Porto Alegre Maria do Rosário (PT), realizado no comitê de campanha, na zona central da cidade, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, disse acreditar que o partido tem chances em capitais importantes como a paulista e a gaúcha. Questionada sobre as pesquisas que colocam a sigla atrás nessas duas cidades, a ministra afirmou que "não se discute Ibope em um momento desses" e que vai "seguir à risca essa orientação sábia", "embora acredite que, em qualquer circunstância, o PT vai sair mais forte dessas eleições".

Perguntada se "tomou gosto" pelos palanques, em referência às eleições para presidente em 2010, a ministra disse que "acha bastante interessante a campanha pela oportunidade de você conhecer o povo brasileiro. Nós somos um País muito diversificado, muito rico", afirmou.

Estiveram presentes no café da manhã o ministro da Justiça, Tarso Genro, o senador Paulo Paim, o presidente estadual do PT, Olívio Dutra, além de lideranças do partido e das siglas que apóiam a candidatura.

Em discurso, a candidata Maria do Rosário mostrou confiança na vitória e lembrou o sucesso das gestões petistas anteriores. "Estamos confiantes no trabalho feito e buscamos uma vitória para melhorar a vida da população, porque a referência da Frente Popular é melhorar a vida do povo", falou.

"Essa vitória que estamos construindo por etapas. Com Olívio (Dutra), Tarso (Genro), Raul (Pont)", disse a candidata se referindo aos ex-prefeitos petistas que governaram a cidade por 16 anos (de 1988 a 2004).


Especial para Terra