São Paulo (SP)

Sábado, 18 de outubro de 2008, 09h52 Atualizada às 09h54

Jornal: padres lançam manifesto em apoio a Marta em SP

  • Notícias

Divulgado, ontem, um manifesto em apoio a candidata Marta Suplicy (PT), regidido por padres, vinculados à pastorais sociais. Segundo O Estado de S. Paulo, ele será distribuído em missas a partir de hoje.

O documento diz que é dever de todo cristão dar um "basta definitivo aos resquícios da ditadura" e pede respeito a moradores de rua, "tratados como lixo", e até à classe média, "constantemente ludibriada por propagandas enganosas que constroem personagens políticos inexistentes, demonizando uns e tornando anjos outros". A carta afirma, ainda, que os cristãos não podem se omitir no segundo turno.

"Vocês estão fazendo a escolha dos mais fracos, dos pobres", disse o chefe de gabinete do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Gilberto Carvalho, presente num encontro dos religiosos, ontem, na Região Episcopal Belém. Carvalho, que é ex-seminarista e é um dos criadores do slogan "A esperança vai vencer de novo", afirmou que não vale dizer que defende o povo e apoiar projetos que afastam o povo da rua, dando cheque de R$ 5 mil, referindo-se ao programa do governo do prefeito e candidato à reeleição Gilberto Kassab (DEM).

"Não escolhemos candidatos pela cor do cabelo, não queremos saber se usam botox ou não nem estamos discutindo opções sexuais", afirmou o padre Tarcísio Marques Mesquita. O manifesto, assinado por "Fórum de Católicos pela Justiça, em favor dos mais pobres", tem uma tiragem de 500 mil exemplares.


Redação Terra