Maceió

Quarta, 15 de outubro de 2008, 09h21

Irmão de PC Farias é preso por falsificar votos em Alagoas

  • Notícias

Odilon Rios
Direto de Maceió

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta quarta, o prefeito reeleito de Porto de Pedras, em Alagoas, Rogério Farias (PTB), em mandado de prisão da operação Voto Nulo. Farias, que é irmão do deputado federal Augusto Farias e do PC Farias, ex-tesoureiro de campanha de Fernando Collor de Mello, é acusado de participar de uma quadrilha que falsificou votos nas eleições municipais deste ano. Além dele, também foram presos dois secretários municipais e dois vereadores de Porto das Pedras. O nome dos secretários e vereadores presos ainda não divulgado pela polícia.

Farias e os outros presos estão na sede da Polícia Federal e farão exame de corpo delito. A operação Voto Nulo investiga uma quadrilha acusada de falsificar votos durante as eleições deste ano. O esquema usava carteiras de identidade falsas, o que possibilitava que a mesma pessoa votasse mais de uma vez, com nome diferente.

Parte desta quadrilha foi presa no dia das eleições, 5 de outubro, com 83 carteiras de identidade falsificadas. A Polícia Federal deve divulgar às 16h um balanço geral da operação.


Especial para Terra