Pará

Segunda, 13 de outubro de 2008, 09h07 Atualizada às 09h08

Jornal: Partidos reelegem em áreas desmatadas

  • Notícias

Das 36 cidades que integram a lista negra do ministério do Meio Ambiente, das campeãs em desmatamento, 21 (58,3%) reelegeram seus prefeitos ou apoiaram candidatos da situação. Segundo O Estado de S. Paulo, o resultado demonstra que os eleitores aprovaram a maioria das administrações desses municípios localizados nos estados de Mato Grosso, Pará, Rondônia e Amazonas.

A grande maioria desses municípios tem sua economia relacionada a exploração de madeira, pecuária e agricultura. Ou seja, antes de serem atividades vinculadas ao desmatamento, são grandes geradoras de empregos.

Se analisar por estado, no Pará, nas 12 cidades onde o problema de desmatamento é considerado crítico pelo governo federal, dez reelegeram ou elegeram o candidato indicado pelo prefeito. Por outro lado, no Mato Grosso, das 19 cidades citadas na lista negra, apenas sete mantiveram a situação política. Em Rondônia, os atuais prefeitos venceram em três das quatro cidades citadas pelo ministério. No Amazonas, o único município que faz parte da lista, Lábrea, reelegeu o prefeito Gean Barros (PMDB).

Entre os partidos que elegeram candidatos a prefeito, o PMDB foi o que mais elegeu, em seis prefeituras. PSDB e PR ficaram com cinco cidades cada um e o DEM elegeu em quatro. PT e PSB tiveram três, cada um, e PDT, PPS, PP e PTB venceram em duas, cada. PV e PRP fizeram um prefeito cada um.


Redação Terra