Rio de Janeiro (RJ)

Sexta, 10 de outubro de 2008, 21h15 Atualizada às 21h15

Psol se mantém neutro no segundo turno do Rio

  • Notícias

Ernani Alves
Direto do Rio de Janeiro

O Psol manteve a neutralidade e não irá apoiar os candidatos que ainda disputam a prefeitura no Rio de Janeiro. A decisão foi tomada durante um encontro que reuniu o candidato derrotado Chico Alencar (Psol), o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) e do vereador Eliomar Coelho (Psol), entre outros integrantes do partido.

"Cremos que o Eduardo Paes expressa a vontade de implementar as nocivas políticas praticadas nos governos Rosinha e Garotinho, marcadas pela privatização, pela retirada de direitos e pela criminalização da pobreza e dos movimentos sociais. Já Gabeira (Fernando Gabeira) tem sua candidatura sustentada pelo PSDB e naturalmente apoiada por César Maia (DEM)", disse Alencar.

Ele também cobrou dos candidatos a apresentação das contas de campanha referentes a setembro. "Nossas contas estão no site do meu mandato desde antes das eleições. Agora, a sociedade quer saber quem investiu em quem na reta final. É uma obrigação moral Gabeira e Paes revelarem já, antes da próxima votação", afirmou.


Especial para Terra