São Luís

Quinta, 9 de outubro de 2008, 22h28 Atualizada às 22h27

Flávio Dino ganha apoio de mais dois partidos em São Luís

  • Notícias

A candidatura de Flávio Dino (PCdoB) à prefeitura de São Luís (MA) ganhou novas adesões. Entraram no rol de apoio a Dino o PSC, o PPS, os vereadores Chaguinhas e Nato, eleitos pelo PRP, e o deputado estadual Nonato Aragão (PSL). Na quarta-feira, Dino já havia conquistado o apoio do prefeito de São Luís, Tadeu Palácio (PDT).

Com a adesão de PSC e PPS, a candidatura de Dino já conta com o apoio de 11 partidos políticos. Para amanhã, é esperada a formalização da composição com o PMDB, que disputou o primeiro turno das eleições com o deputado federal Gastão Vieira.

Dino, que obteve 34,28% dos votos válidos no primeiro turno, pensa que as novas composições podem fortalecer a futura administração, caso vença o candidato do PSDB, João Castelo, dono de 43,12% dos votos válidos na primeira etapa das eleições.

"Governar é uma tarefa tão difícil que não pode ser de um homem só. Por isso é que vamos governar todos juntos em favor de toda a população de São Luís", afirmou o candidato comunista.

O presidente regional do PSC, Costa Ferreira, disse que o partido decidiu apoiar Dino por causa do destaque que o candidato teve como deputado federal. "O senhor será um prefeito comprometido com as causas públicas, com o respeito ao ser humano", discursou.

Pelo PPS, a deputada estadual Eliziane Gama afirmou que a decisão de apoiar o candidato do PCdoB foi baseada em seu histórico. "Flávio Dino fará uma administração voltada para a comunidade, que é o que o PPS defende. E como deputado, ele também se destacou no combate à corrupção, como tem feito o nosso partido", garantiu.


Redação Terra