PortoVelho (RO)

Quarta, 8 de outubro de 2008, 13h26 Atualizada às 13h44

"Sem dinheiro, nem Cristo se elege", diz candidato em Rondônia

  • Notícias

Intérprete de Jesus Cristo perde eleição
Intérprete de Jesus Cristo perde eleição
Divulgação/Redação Terra

Daniela Uequed

O candidato a vereador em Porto Velho (RO) Omedino Pantoja (PRP), o Cristo da Jerusalém, não conseguiu uma vaga na Câmara de Vereadores. Para ele a falta de dinheiro foi o grande empecilho à sua eleição. "Em Porto Velho, sem dinheiro, nem Cristo se elege", disse o Nazareno, que amargou apenas 420 votos e o 120º lugar.

Pantoja interpreta Jesus Cristo há 32 anos durante apresentação do espetáculo "O Homem de Nazaré", encenado na Páscoa. Ele imaginava que o trabalho como Cristo fosse fortalecer sua primeira candidatura. "Esperava muito mais votos. Tem gente que se elegeu que não se sabe de onde veio. Sou conhecido em toda Rondônia, em todo o mundo e fiz esta miséria de votos", reclamou.

Ele não considera um sacrilégio usar o nome do líder Cristão em campanha política. "Cada um usa o apelido que se identifica. Todos me conhecem como Cristo da Jerusalém".

Sobre o futuro ele afirma que não pretende desistir da política, nem do personagem. Pretende apenas rever seus diversos erros de estratégia, entre eles: "ser humilde como Jesus". "Agi como Cristo e não adiantou. Fui muito humilde, bonzinho, atencioso. Foi ignorância minha. Precisava ter pegado mais pesado", finalizou.


Redação Terra